Impecável, Sub-20 goleia América por 8x0 e está na final da Taça Guanabara

Impecável, Sub-20 goleia América por 8x0 e está na final da Taça Guanabara

Foto: Gilvan de Souza

Uma atuação irrepreensível. Jogando na Gávea na tarde desta quarta-feira (28), a equipe Sub-20 do Flamengo recebeu o América, até então único invicto da competição, em partida válida pela semifinal da Taça Guanabara da categoria. Com uma atuação de almanaque, o Mais Querido aplicou inapeláveis 8x0 (Lucas Silva [4], Vitor Gabriel, Michael [2] e Wendel), placar que ainda ficou pequeno tamanha foi a superioridade rubro-negra no jogo e o número e chances de gol criadas ao longo dos 90 minutos. Classificado para a final com sete vitórias em oito jogos, o Flamengo encara o Botafogo na decisão em partida única. O clássico será disputado no Nilton Santos, em data e hora ainda a serem divulgados pela Federação.

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em campo: o dinheiro vai para o Futebol e traz mais reforços, revelações e estrutura no CT! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.

O Flamengo abriu o placar no primeiro minuto de jogo. Patrick lançou para Lucas Silva, que dominou e tocou de cabeça para Vitor Gabriel. Ele invadiu a área, e de biquinho tocou para o fundo das redes. O Rubro-Negro começou o jogo de forma implacável, e logo fez o segundo. Aos nove minutos, Lucas Silva recebeu na entrada da área e tocou por baixo do goleiro Gustavo para ampliar o placar. A pressão era sufocante. Aos 11, Patrick lançou para Lucas Silva. Ele invadiu a área com muita velocidade e bateu forte, sobre o gol do América. Só dava Flamengo, e o terceiro gol já começava a amadurecer. Aos 13, Vitor Gabriel recebeu no alto e bateu de primeira, num lindo chute que passou próximo ao travessão direito de Gustavo.

Aos 23 minutos, uma linda triangulação ofensiva do Mais Querido quase resultou em mais um gol. Bill cruzou na área para Vitor Gabriel. Ele tocou de calcanhar para Lucas Silva, que chegou batendo de primeira para grande defesa de Gustavo, que evitou o gol com a pontinha dos dedos do pé esquerdo. Aos 25, o terceiro saiu. Pepê chegou bem no fundo e cruzou para Lucas Silva, que bateu sem chances de defesa para o goleiro, ampliando ainda mais a vantagem rubro-negra rumo à final da Taça Guanabara. E virou goleada ainda no primeiro tempo. Aos 37, Lucas Silva recebeu livre de marcação na entrada da área e fez o seu terceiro no jogo, e quarto dos Garotos do Ninho, que fizeram mais um ainda na primeira etapa. Michael invadiu a área livre, leve e solto, e fez o quinto na saída do goleiro. 

Com o jogo já praticamente definido, o segundo tempo começou com uma agressão covarde e inexplicável do zagueiro Reis em Vitor Gabriel. Deitado no chão, o centroavante rubro-negro levou um chute do atleta do América. Após confusão generalizada, a arbitragem decidiu expulsar ambos os jogadores. Depois de quase dez minutos de interrupção, a bola voltou a rolar. E o Flamengo continuou dominando as ações. Aos dez minutos, Bill recebeu livre de marcação e chutou para fora. Aos 15, Lucas Silva recebeu de Michael e fez seu quarto gol na partida, se tornando artilheiro da competição ao lado de Caju, do América, com cinco gols marcados.

Aos 22, Pepê deixou Bill na cara do gol, mas ele se enrolou na hora da finalização e perdeu mais uma boa chance. O sétimo gol (não perca as contas!) foi todo construído por Michael. O lateral fez ótima jogada individual, passou por três marcadores e foi derrubado dentro da área. Ele mesmo cobrou o pênalti, deslocando o goleiro Gustavo, fazendo mais um para o rubro-negro e o seu segundo no jogo. Aos 45, Wendel, autor do gol do tetracampeonato da Copa São Paulo em janeiro, fez o oitavo, dando números finais à maior goleada do campeonato carioca até aqui. 

Flamengo: Gabriel Batista, Braian, Matheus Dantas (Vinicius Souza), Patrick (Bernardo), Michael, Hugo Moura, Theo (Yuri), Lucas Silva, Pepê (Luiz Henrique), Bill (Wendel) e Vitor Gabriel. Treinador: Mauricio Souza.