| Futebol

IMPRENSA MARROM

Respeitem o Flamengo!

         Ultimamente tenho visto uma avalanche de críticas pejorativas sobre as vitórias e conquistas do nosso Mengão.

E por mais incrível que possa parecer, essa críticas estão vindo por uma parte da imprensa, que se diga de passagem pseudojornalistas, os quais tentam de todas as formas diminuir o nosso tamanho em detrimento da supervalorização do time mais popular de São Paulo.

Estou impressionado como quando um erro acontece a favor do Flamengo, no outro dia as manchetes são “Apito amigo”, Flamengo venceu de forma irregular, Flamengo venceu com ajuda da arbitragem. Porém, quando este mesmo erro é contra nós, não vejo a mesma repulsa ou a mesma indignação.

Quando um lance da arbitragem é interpretativo e ele nos beneficia é porque o juiz estava mal intencionado e nos ajudou, mas quando essa interpretação nos prejudica não vejo uma linha sequer de comentário nos sites, blogs ou jornais.

Quando conseguimos uma vitória espetacular e histórica contra o Coritiba, onde grande parte da nossa própria torcida já não acreditava mais no acesso, pois precisávamos vencer o Coxa por 3x0 para termos o direito de decidir essa classificação nos pênaltis, no outro dia o que vimos foi que tínhamos vencido por conta das duas penalidades que a arbitragem assinalou a nosso favor e que a meu ver foram legítimas. E passaram a exaltar apenas a classificação do Botafogo sobre o Ceará, onde o Clube Nordestino teve um gol legítimo anulado que o classificaria.

No jogo contra o Goiás, na quarta-feira passada, no último minuto houve mais um pênalti a nosso favor e que poderia nos ter dado o empate, mas devido a todo o escarcéu que esses jornalistas fizeram com nossa vitória diante do Coritiba, o árbitro não teve coragem de marcar a penalidade e no dia seguinte não vimos a mesma indignação destes senhores.

Ontem jogamos contra o Corinthians, o time da mídia e vencemos por 1x0 numa jogada, na qual o nosso jogador se encontrava realmente em posição irregular. Porém, o bandeirinha que deveria marcar o lance estava encoberto por outro jogador do Flamengo, o que o impossibilitou de ver o lance de forma clara.

Essa imprensa covarde imediatamente tentou minimizar nossa vitória, afirmando que foi de forma intencional o erro da arbitragem.

Em momento algum falaram que durante todo o jogo dominamos o Corinthians e que eles não nos ameaçaram em lance algum, bem como não comentaram que tivemos várias chances claras de gols e que não goleamos o time paulista porque o goleiro Cássio estava em uma noite inspirada, evitando dessa forma uma goleada.

Mais uma vez tentaram distorcer um lance, no qual houve um pênalti legítimo por arrumado pelo homem de preto, mas não falaram na jogada em que foi marcado um impedimento do Eduardo da Silva, partindo do nosso próprio campo.

Sendo assim, essa vitória de ontem significou ganhar dessa imprensa marrom, que nos massacra o tempo todo enquanto os enaltece. Significa vencer o poder político que tenta colocá-los artificialmente e todo momento acima dos demais Clubes, principalmente do Flamengo, como bem frisou o amigo Prokofiev.

Um jornalista imparcial e antiético comete o mesmo erro que cometeu o ginecologista Roger Abdelmassih, pois se aproveita das pessoas que confiam no seu profissionalismo, seu míster, seu ofício para ludibriá-las e enganá-las, o que é uma grande vergonha.

Saudações Rubro-Negras!

Mengão Sempre!

 


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.