Flamengo  RJ
menu
search

Influenciador digital: Mirando fãs no Brasil, David Luiz traça estratégia na web e pode ajudar o Flamengo internacionalmente

25 de setembro de 2021 às 18:56h
Influenciador digital: Mirando fãs no Brasil, David Luiz traça estratégia na web e pode ajudar o Flamengo internacionalmente

IMAGEM: REPRODUÇÃO/FLATV

Recém-chegado ao Flamengo, David Luiz soma mais de 56,9 milhões de seguidores em suas redes sociais. São 20,2 milhões no Instagram, 28 milhões no Facebook e 8,7 milhões no Twitter. Quando ainda negociava com o clube, a interação com a Nação Rubro-Negra nas redes só aumentou. Com sua base de fãs fora do Brasil, que representa somente 20%, o zagueiro e seu staff planejam uma nova estratégia mirando o país. Com grande penetração internacional, o Mais Querido também pode se beneficiar com a internacionalização da sua marca.

O planejamento passa por não deixar de dar atenção à marca global após 14 anos na Europa. O seu vídeo de agradecimento aos 20 milhões de seguidores no Instagram foi feito em inglês e Português. Inclusive, irá continuar se referindo a sua base de seguidores como “Geezers” — termo que utilizou quando jogava no Chelsea e no Arsenal, ambos da Inglaterra.

Ele é muito querido na Inglaterra, tem história, não dá para abandonar isso na hora de trabalhar o digital. Essa comunicação passa pelos Geezers, que é um termo que não vai abandonar. Vai chamar os fãs dele assim — explicou ao “O Globo”, Victor Rios, CEO da Rioscom, que cuida da comunicação do atleta.

Mesmo tendo uma empresa especializada, o conteúdo passa pelo crivo de David Luiz, que é quem faz as postagens nas redes. Enquanto negociava com o Flamengo, o zagueiro ganhou mais de 700 mil novos seguidores. Suas fotos tem uma média de 160 mil curtidas, taxa de engajamento parecida com a de Neymar, considerado o maior jogador brasileiro na atualmente. Segundo Bernardo Pontes, sócio da ALOB e com passagem pelo marketing do Rubro-Negro, o jogador pode ajudar a fortalecer e acelerar a estratégia de internacionalização do Fla.

Ele é uma marca global. Está entre as mil pessoas mais seguidas do mundo. Pelo lado do Flamengo, é o cara ideal para fortalecer e acelerar a estratégia de internacionalização —, disse.

Mesmo sem falar abertamente, o Flamengo conversa com o staff do zagueiro uma estratégia de comunicação. O clube, que hoje conta em sua base com 38 milhões de seguidores, vê no zagueiro a oportunidade de alavancar ainda mais as redes sociais. O Mais Querido conta com 11,3 milhões de fãs no Instagram, 8,2 milhões no Twitter, 12,2 milhões no Facebook e 6,3 milhões no Youtube.

Publicado em colunadofla.com