| Futebol

INICÍO DE TEMPORADA

ALTOS E BAIXOS

A temporada de 2016 começou e depois de dois jogos oficiais e dois amistosos pudemos fazer algumas considerações.

Está claro que fisicamente o time ainda está longe do ideal e que só com o decorrer de mais alguns jogos, chegaremos a uma condição aceitável.

Os dois amistosos foram bem distintos, contra o Ceará foi uma correria desenfreada e devido às várias substituições que foram feitas, o jogo terminou em altíssima velocidade.

Já contra o Santa Cruz, achei desnecessário o horário em que o jogo foi marcado. A temperatura aqui no nordeste nesta época é muito alta e jogar nesse horário com os jogadores começando um trabalho físico, não acrescentou em absolutamente nada.

Contra o Atlético-MG, o time apresentou dois tempos distintos, onde sobressaímos no segundo tempo e matamos o jogo. Ficou claro que a pré-temporada do Galo nos EUA foi mal feita e essa Copa em solo americano só prejudica a preparação.

Pelo Carioca, enfrentamos o Boa Vista e mesmo com nossa superioridade técnica, não conseguimos traduzir isto em números finais. Amargamos um empate com sabor de derrota, após um segundo tempo preguiçoso, no qual os jogadores estavam loucos para que os noventa minutos terminassem.

Serviu apenas para comprovar que o Wallace continua muito mal, que o Chiquinho foi uma contratação que pouco irá acrescentar e que o Jajá não faz nenhum sentido estar entre os profissionais.

Contudo, é bom que fique claro que nosso time ainda não foi realmente testado, uma vez que em nenhuma das quatro partidas o provável time titular esteve em campo. Nossos novos jogadores contratados com perfil de titular ainda não puderam estrear.  

Acredito que no decorrer da temporada o time titular será formado por Muralha, Rodinei, Zagueiro a ser contratado, Juan, Jorge, Cuellar, Arão, Mancuello, Cirino, Sheik e Guerrero.

Vou fazer uma breve avaliação dos jogadores por setores, que formaram o time titular até o momento:

Goleiros:

Paulo Vitor – Bom goleiro embaixo das traves, mas tem uma péssima saída, quando sai;

Muralha – Não entendo como contratam um goleiro pelos valores da negociação e que se destacou no Brasileiro passado para ficar no banco de reservas;

Defesa:

Rodinei – Ainda está muito tímido, possui muita velocidade e tem um bom cruzamento, porém precisa se soltar mai. Espero que não seja um novo Léo;

Wallace – Vem seguidamente cometendo erros e está com os dias contados no time titular. É apenas questão de tempo a sua saída. Pessoalmente, acho que o César Martins deveria ser testado ao lado do Juan;

Juan – Não gostei da sua contratação. Acreditava ser um ex-jogador em atividade. Todavia se não se machucar, vem mostrando que pode ser ainda muito útil;

Jorge – É muito bom jogador, mas precisa entender que na posição em que joga, é necessário chegar à linha de fundo para efetuar o cruzamento. Ele a cada jogo vem mostrando que parece estar proibido de fazer essa jogada;

Meio Campo:

Cuellar – Não conheço este jogador, mas de acordo com alguns repórteres de seu país e de alguns vídeos que assisti, é muito bom nos desarmes e tem um excelente passe;

Arão – Vem a cada jogo sendo um dos nossos melhores jogadores em campo. Acredito que será um dos destaques do time no ano, pois se apresenta muito bem para o jogo;

Mancuello – No pouco que vi em campo, acredito que dará um salto de qualidade muito grande para o setor de meio campo. Tem muito boa visão de jogo e com passes precisos será muito útil;

Ataque:

Cirino – Se estiver com a cabeça no lugar, será um dos nossos melhores reforços para o ano. Tem muito vigor físico, muita velocidade e ótimo passe. Vem sendo um dos destaques a cada jogo;

Sheik – Mesmo com seus trinta e sete anos, é um jogador com ótimo preparo físico. Cria muitas jogadas e enlouquece a defesa adversária. Se parar de fazer algumas firulas, que acabam em contra-ataques perigosíssimos, será um dos nossos jogadores mais festejados;

Guerrero – Começou o ano tirando um peso enorme de suas costas. Não é nada fácil para um atacante ficar tanto tempo sem fazer gols. Mesmo fazendo boas partidas, estava claro o seu desconforto. Tenho certeza que será o seu ano no Mengão;

Treinador:

Murici – A cada jogo se mostra mais à vontade no Mengão e ele já demonstra que será muito importante. Ter um treinador com sua capacidade de leitura de jogo, mudando completamente o panorama de uma partida no intervalo, será importantíssimo.

O mais importe até o momento é que o Flamengo não tem apenas um time. Estamos montando um elenco forte para a temporada, dando possibilidade ao Murici de olhar para o banco de reservas e ver jogadores de qualidade, para mudar um jogo que esteja em dificuldades. Dentre estes jogadores, podemos citar o Everton, Ederson, Canteros, Kayke, Alan Patrick, além dos recém promovidos da base, como Vizeu, Ronaldo e Léo Duarte.

Acho que teremos um 2016 bem melhor do que foi o ano passado.  Que São Judas Tadeu esteja atento para mais uma vez nos ajudar.

Saudações Rubro-Negras!

Mengão Sempre!

 


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.