| Futebol

inominavelmente perfeito

flameng - inominavelmente perfeito

Impecável! Não tem outra maneira melhor para resumir a exibição de Márcio Araújo na última quarta-feira, o cara tá jogando o fino da bola nas características de sua posição.

O pessoal que acompanha assiduamente o ColunaDoFlamengo.com sabe muito bem que eu defendo o nosso craque da camisa número 8 há tempos, e recebo duras críticas por isso, talvez, você que esteja lendo essa coluna nesse momento já tenha me xingado bastante aí nos comentários por esse motivo.

Então agora chegou a hora de tirar um grito que estava entalado na minha garganta, como eu esperei por esse momento, lá vai… CHUPEM CRÍTICOS! CHUPEM CORNETAS! CHUPA FLADEPRÊ! Que delícia, agora podemos continuar o raciocínio, meus queridos haters:

Dizem que sou louco, mas louco é quem me diz. Não tem motivos para preterir um cara como o Márcio Araújo apenas por causa do nome. Exatamente, por nome, querem (ou queriam) um cara que tenha pompa, técnica refinada, dane-se a competência, o que importa mesmo é o status.

Com esse status veio o Rômulo, e quebraram a cara, pelo menos por hora. “Ah, Vinny Dunga, mas você não entende que o Romulo tá fora de sua posição? Ele é segundo volante!”BALELA! Márcio Araújo veio para substituir o Elias, de segundo volante, e tá aí arrebentando de primeiro.

Queriam que o Rômulo fosse instantaneamente confirmado como titular absoluto assim que o cara chegou, logicamente fui contra, não existe titularidade por contrato, o Rômulo teria que mostrar essa superioridade na bola. Quase atearam fogo na minha residência.

Querem um Patrick Viera, sei lá, mas essa tá longe, bem longe de ser a realidade no Brasil. Um combatente como o Marcinho, um operário que joga para o time é de suma importância para qualquer time que queira se sobressair no medíocre futebol tupiniquim.

Entendam, de uma vez por todas, que o Mário Araújo é indispensável ao time do Flamengo, é o carregador de pianos que se desdobra em campo para o seu ídolo Dieguinho de Ouro poder ter toda a liberdade do mundo para doutrinar defesas por aí.

O cara trabalha, e trabalha muito, só que calado, discreto e sem a clássica máscara do boleiro fanfarrão. Um maranhense que jamais será o garoto propaganda do programa Nação Rubro-Negra, por mais que já esteja na sua quarta temporada, representando muito bem o Flamengo.

Talvez falte isso, para uma boa parte da galera, tem que ser escroto, se envolver com problemas extra-campo, pegar travesti, amarrar a namorada na árvore no baile de favela, ou quem sabe encher os córnos de Stella Artois fazendo aquela orgia maneira pós-treino.

Enfim, dentre todos os argumentos que bolei durante esses meses de ferrenha discussão nas resenhas defendendo o Márcio Araújo, o de que ele é ‘o autor do gol que deu o último título que conquistamos’ foi o que eu mais me apaguei.

Espero que esse argumento se dissolva com o título do FFERJÃO no domingo… Ou não, já imaginou mais um gol antológico de título do Márcio Araújo? Pode rir, ri, mas não desacredita não!

 ‘Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!’

Vinny Dunga

Siga no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

Curta no Facebook: facebook.com/ColunaDoVinny

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/05/inominavelmente-perfeito/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.