| Futebol

Inspirado em Pirlo, Canteros celebra "estreia" e prevê recuperação do Fla

Após participação discreta contra o Bota, volante jogará em sua posição de origem contra Chapecoense e vê time fora da zona: "Temos tudo para reverter a situação"

Canteros Treino Flamengo, Coronel Freitas (Foto: Cahê Mota)Canteros vai jogar pela primeira vez como titular do Flamengo neste domingo (Foto: Cahê Mota)

Foram 28 minutos em campo contra o Botafogo, mas não seria exagero dizer que Hector Canteros, enfim, estreará com a camisa do Flamengo no próximo domingo, diante da Chapecoense, fora de casa. Contratado ao Vélez Sarsfield sob muita expectativa e definições de que tem características similares às de Elias, o argentino vestirá a camisa rubro-negra pela primeira vez desde o início de um jogo e em sua posição de origem. No clássico, ao substituir Lucas Mugni, jogou mais avançado e participou pouco do jogo. Agora, porém, não esconde a empolgação e promete muita vontade para ajudar o time a sair do Z-4. 

- Estou muito feliz e tranquilo por estar em um grande clube como o Flamengo. O grupo está forte e temos tudo para reverter essa situação. É uma situação difícil, mas podemos mudar com vontade. Foi assim na última partida e conquistamos os três pontos. Ganhar fora de casa é importante para termos mais confiança. Vou jogar com muita vontade de ajudar o time a mudar isso. Estou bem tranquilo. 

E é justamente da posição onde se acostumou a jogar no Vélez e atuará no domingo que vem a maior inspiração de Canteros no futebol. Apressando-se em dizer que está abaixo do ídolo e evitando qualquer tipo de comparação, o argentino revelou a admiração pelo italiano Pirlo. 

- Não gosto de fazer comparação com ninguém, mas um jogador que admiro muito é Pirlo. Gosto muito da maneira como joga, só que ainda não cheguei ao nível dele. 

Se ainda precisa fazer mais para se apresentar ao torcedor, Hector Canteros viu o suficiente no clássico com o Botafogo para se encantar com os rubro-negros. Depois da festa que presenciou no Maracanã, o volante elogiou e pediu ainda mais apoio na luta contra a degola. 

Pirlo Italia x Uruguai (Foto: Reuters)Pirlo é a referência de Canteros (Foto: Reuters)

- É uma torcida que se faz presente dentro e fora de campo, isso é muito importante. É muita gente e neste momento precisamos muito deste apoio. 

Por fim, Canteros falou ainda das dificuldades que tem encontrado para adaptação ao futebol brasileiro e revelou a importância do compatriota Lucas Mugni e do paraguaio Victor Cáceres no dia a dia. 

- Lucas tem sido uma grande pessoa comigo. Faz o papel de tradutor, me explica o que não entendo ao lado de Cáceres, e me deixa à vontade aqui. Entendo mais ou menos português, só se falam devagar, mas em campo às vezes com gestos é suficiente. 

Com 10 pontos, o Flamengo de Canteros é o 18º colocado no Brasileirão, mas pode sair da zona de rebaixamento já na próxima rodada. Para isso, precisa vencer a Chapecoense, domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Condá, e torcer por tropeços de rivais como Coritiba, Criciúma, Vitória e Botafogo na 13ª rodada.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.