• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Isla se prepara para primeiro jogo de mata-mata em Libertadores

Mauricio Isla chegou ao Flamengo com a missão de substituir Rafinha, que deixou o clube carioca para continuar a carreira no futebol da Grécia. O lateral direito estava sem clube e não atuava desde março de 2020, quando defendeu o Fenerbahçe, da Turquia. Apesar de chileno, o jogador estreou direto no futebol europeu e o Rubro-Negro é o primeiro clube sul-americano de sua vida profissional. Com isso, a partida contra o Racing marca o primeiro jogo em mata-mata na Libertadores.

A estreia de Isla na ‘maior competição da América’ aconteceu no dia 17 de setembro, ainda pela fase de grupos. Na época, o Flamengo acabou perdendo por 5 a 0 para o Independiente del Valle, no Equador. Após isso, o lateral testou positivo para Covid-19 e só voltou a atuar pelo campeonato sul-americano na partida de volta contra o Del Valle, no Maracanã. Neste jogo, o chileno foi poupado e atuou cerca de 20 minutos, mas garantiu a vitória por 4 a 0.

Com isso, esta é a primeira vez que Isla vai disputar uma fase mata-mata da Libertadores. A partida contra o Racing é válida pelo jogo de ida das oitavas de final e acontece na Argentina, nesta terça (24), às 21h30 (horário de Brasília). Tendo a vantagem de decidir jogando no Maracanã, o Flamengo busca a vitória neste primeiro confronto visto que, de acordo com o regulamento da competição, ‘gol fora de casa’ é critério de desempate, podendo assim, decidir a classificação.

Com o Manto Sagrado, Isla já disputou 17 jogos: 11 vitórias, dois empates e quatro derrotas. O lateral ainda não balançou as redes, mas tem se consagrado um dos garçons do time. Ao todo, foram cinco assistências. O último passe para gol aconteceu contra o Coritiba, quando o jogador cruzou e deixou Arrascaeta livre para marcar para o Flamengo. Com atuação de gala nesta partida, o chileno entrou para a seleção da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicado em colunadofla.com.