| Futebol

ISSO SIM É RESPEITO

PATROCINADORES

      Da mesma forma como terminamos o ano passado, esse ano o nosso Manto Sagrado continuará sendo o mais valioso do mercado nacional.

Nossa camisa arrecadará algo em torno de noventa e três milhões de reais. Isso sem contar com cinco milhões referentes ao destrato da Pegeout. Ou seja, este ano arrecadaremos noventa e oito milhões de reais no total.

Mesmo com o mercado financeiro nacional em crise, o Flamengo conseguiu não só manter os seus patrocinadores atuais como atrair outros interessados.

O nosso patrocinador Master, a Caixa Econômica Federal, que venceria agora no final de abril, irá renovar o patrocínio por um valor de vinte e sete milhões e meio. Assim, teremos um aumento de dois milhões e meio com relação ao patrocínio do ano passado. Porém teremos uma diferença, o contrato será até o fim do ano e não mais até maio e isso a pedido do Clube.

Fechamos também com a montadora internacional JEEP e ela estampará sua logomarca na barra da camisa, na parte de trás, por um valor de cinco milhões de reais. Contudo, uma grande diferença neste novo patrocínio me encheu de orgulho. Nós fomos procurados pela montadora para estampar sua marca, quando normalmente acontece o contrário.

Na próxima quinta-feira, serão votados no CODE, em caráter de urgência, esses dois patrocínios. Desta forma, nosso Manto Sagrado terá os seguintes parceiros que estamparão suas marcas:

Adidas (Fornecedor de material) – 35 Milhões;

Caixa – (Master) – 27,5 Milhões;

Guaravita – (Costas e Manga) – 20 Milhões;

Jeep – (Barra de Camisa) – 5 Milhões;

Herbalife – (Camisa de Treino) – 3 Milhões;

Tim – (Número da Camisa) – 2,5 Milhões.

E pensar que há três anos, não tínhamos um único patrocinador. Isso sim é mostrar que o respeito voltou.

Contra quem jogaremos em 2016?

É fato que não podemos compactuar com os desmandos e os absurdos que a FERJ promoveu para favorecer seus comparsas, neste Carioca 2015.

Todavia, não podemos simplesmente dizer que não jogaremos o próximo Carioca, pois as sanções seriam gravíssimas caso tentássemos isso. Ficaríamos impedidos de jogar qualquer competição patrocinada pela CBF.

Temos sim que fazer frente a esse crápula, que hoje serve de fantoche para o Eurico Miranda. Precisamos trazer outros Clubes para o nosso lado, porque hoje só temos o Fluminense pensando da mesma forma que a gente.

Acredito que precisamos forçar a barra junto ao Ministério Público e fazer com que eles investiguem toda a bagunça que hoje acontece na FERJ. Ou talvez, conversar com a CBF para promover um Rio - São Paulo substituindo este falido Regional, pois atualmente só serve para gerar dividendos para a Federação em detrimento dos Clubes.

Saudações Rubro - Negras!

Mengão Sempre!


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.