João Victor visita o Flamengo

João Victor ganhará camisa que Sheik usará contra

João Victor ganhará camisa que Sheik usará contra

Na televisão da UTI do hospital, as pessoas assistiam ao Flamengo jogar, enquanto o jovem que acabara de passar por uma cirurgia, dormia. O médico tentava acordar João Victor Guimarães Carneiro, então com oito anos de idade, e não conseguia. Até que um gol "despretensioso" fez com que o menino abrisse os olhos. A partir dali, despertava também uma paixão pelo maior clube do Brasil. Hoje com 16, visitou o CFZ com o pai no dia em que Zico concedeu entrevista para anunciar a candidatura à presidência da Fifa. O eterno ídolo rubro-negro não pensou duas vezes e ligou para Rodrigo Caetano a fim de ajudar a realizar um sonho de torcedor: conhecer os atletas de perto.

imageApós uma noite em claro por conta da ansiedade, João Victor e o pai Marcus Lopes Carneiro visitaram o Centro de Treinamento George Helal e puderam acompanhar de perto as atividades comandadas por Cristóvão Borges, na manhã desta quinta-feira (25.06). Fotos, abraços e muita recordação de um dia inesquecível. No entanto, sabem que nada teria acontecido sem a ajuda do Galinho.

"Zico foi sensacional com a gente durante todo o tempo. Quando chegamos no CFZ, eu pedi para tirar uma foto com ele, quando estava saltando do carro. Embora já estivesse atrasado, ele disse: ‘Claro! Dá uma passadinha na minha sala’. Eu falei que não queria atrapalhar, mas pediu para irmos mesmo assim. Perguntou a história do João Victor, conversamos e ele disse que nos ajudaria a conhecer os jogadores. Ligou para o Rodrigo Caetano e viemos. Matei o desejo dele", comemorou o pai.

Entrar em campo com os jogadores também foi uma hipótese cogitada, mas, depois de pensar com calma, Marcus afirmou que ainda não era o momento. Com tantas ideias em mente, outra pode ser consolidada hoje, e que, com certeza, valeu por muitas. "Sheik" é a palavra que João Victor disse sem pestanejar ao ser perguntado sobre quem ele mais gostaria de conhecer. Encontro registrado e camisa prometida. Após a partida contra o Figueirense, no Estádio do Maracanã, o Manto Sagrado que será vestido por Emerson já tem endereço certo para quem tem, no Flamengo, uma das razões de viver. "A vida dele é essa: Flamengo, Flamengo e Flamengo", resume o pai.