| Futebol

Joel, Felipe... Flamengo vai reencontrar velhos conhecidos no time do Boavista

Anderson Luiz, Geladeira, Renato Silva, Erick Flores, Fellype Gabriel também fazem parte da lista de nomes que já defenderam o Fla e estão no Verdão de Bacaxá

flameng - Joel, Felipe... Flamengo vai reencontrar velhos conhecidos no time do Boavista

Quando a bola rolar para Flamengo e Boavista neste sábado, pela primeira rodada do Campeonato Carioca, o torcedor rubro-negro vai reencontros velhos conhecidos no time adversário. Reforçado para o estadual, o Verdão de Saquarema conta com sete nomes que já estiveram do outro lado: o goleiro Felipe, os zagueiros Anderson Luiz, Gustavo Geladeira, Renato Silva, e os meias Erick Flores e Fellype Gabriel, além, é claro, do técnico Joel Santana.









Por conta disso, o GloboEsporte.com vai recordar a passagem de todos eles pelo Rubro-Negro, como você pode conferir abaixo:

Anderson Luiz
Anderson Luiz foi formado na base do Flamengo na mesma geração que revelou nomes como Andrezinho (Vasco), Victor Simões (ex-Botafogo e Figueirense), André Bahia e Ibson, por exemplo. Pelo time principal, chegou a receber algumas oportunidades na temporada 2002 durante a Libertadores e o Brasileiro. Deixou o Fla em 2004, rodou por diversas equipes do futebol brasileiro e hoje é um dos jogadores mais identificados com a camisa do Boavista, onde atua desde 2015.


Gustavo Geladeira
Gustavo Gustavo defendeu as cores do Flamengo em 2011 após se destacar pelo próprio Boavista no Campeonato Carioca. Depois de um início promissor no Rubro-Negro, o zagueiro, no entanto, acabou se envolvendo em uma polêmica com o atacante Liedson, do Corinthians, e perdeu espaço na equipe, onde ganhou o apelido de "Geladeira" pelo porte físico. Deixou o Fla em 2012. Hoje, aos 30 anos e após passagem por Orlando City-EUA, Vila Nova-GO e Ceará, tem um novo reencontro contra o antigo clube.












Renato Silva
Rodado pelos quatro grandes do Rio, Renato Silva viveu a sua primeira experiência no futebol carioca pelo Flamengo, onde chegou em 2005 vindo do Belenenses, de Portugal. Pelo Rubro-Negro, rapidamente conquistou a condição de titular e viveu o seu melhor momento em 2006, quando foi titular na campanha que culminou com o título da Copa do Brasil daquele mesmo ano. Em 2007, trocou a Gávea pelas Laranjeiras e acabou indo para o Fluminense. Desde então, jogou por times como São Paulo, Botafogo e Vasco. Acertou com o Boavista após defender o Brasiliense em 2016. Está com 33 anos atualmente.

Erick Flores
Em uma das gerações mais vitoriosas na história da base do Flamengo, que revelou, por exemplo, Renato Augusto, Kayke e Paulo Victor, Erick Flores era tido como joia. Tanto que, ainda cedo, despertava os olhares de diversos clubes do exterior. A expectativa sobre o meia, no entanto, jamais se confirmou. Promovido ao elenco principal em 2008, chegou a fazer parte do grupo campeão brasileiro de 2009, mas não empolgou de fato. Deixou o clube para defender diversas equipes por empréstimo: Ceará, Náutico, Avaí, ABC e Fortaleza. Aos 27 anos, vai para a sua quarta passagem pelo Boavista. Estava fora dos gramados desde meados de 2016, quando se lesionou no futebol albanês, pelo Kükesi.











Fellype Gabriel
Assim como Erick Flores, outro nome que foi formado na base e cresceu tomado de expectativa foi o de Fellype Gabriel. Com passagem pela seleção de base, foi promovido ainda cedo ao time de cima do Flamengo, em 2005. Chegou a receber algumas oportunidades, mas só conseguiu a afirmação longe da Gávea. Após empréstimos a Cruzeiro, Lusa e para o futebol português, ganhou destaque com a camisa do Kashima Antlers-JAP e do Botafogo. Nas últimas temporadas, sofreu com as lesões vestindo as camisas de Palmeiras e Vasco e, agora, aos 31 anos, tenta uma retomada na carreira.











Felipe
Dos jogadores citados, quem mais conseguiu se identificar com a camisa do Flamengo foi Felipe. O goleiro chegou ao clube em 2011 e foi titular por quase quatro temporadas. Pelo Rubro-Negro, foi bicampeão do Carioca (2011 e 2014) e faturou o título da Copa do Brasil de 2013. Foram 188 jogos com a camisa rubro-negra, com 91 vitórias, 54 empates e 43 derrotas. Deixou o clube em 2014 e vai jogar pela primeira vez o Carioca. Tem 32 anos hoje.



Joel Santana
Irreverente e folclórico, Joel Santana já esteve à frente do Flamengo em cinco oportunidades. Na primeira delas, em 1996, foi campeão carioca. Em 1998, teve uma discreta passagem durante o Campeonato Brasileiro. O retorno dele ao clube só aconteceu em 2005, quando conseguiu livrar o Fla de uma iminente queda no Campeonato Brasileiro após uma incrível arrancada final. Em 2007, voltou à Gávea novamente para tirar a equipe da luta contra a queda no Brasileiro. Mas foi além: levou o clube à Libertadores do ano seguinte. Ainda foi campeão carioca em 2008. Sua última passagem pelo Flamengo aconteceu em 2012, quando teve um fraco retrospecto na Libertadores, no estadual e no Brasileiro.







O Boavista embarcou para Natal na tarde de quinta-feira. A estreia do Verdão de Bacaxá no estadual acontece neste sábado, às 19h30, na Arena das Dunas, contra o Flamengo.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/rj/serra-lagos-norte/futebol/campeonato-carioca/noticia/2017/01/joel-felipe-flamengo-vai-reencontrar-velhos-conhecidos-no-time-do-boavista.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.