Jogadores pouco utilizados são destaque em jogo-treino e podem ganhar mais oportunidades

Jogadores pouco utilizados são destaque em jogo-treino e podem ganhar mais oportunidades

O Flamengo vive uma de suas maiores crises da era Eduardo Bandeira de Mello. Eliminado da Taça Rio e do Campeonato Carioca, o clube vê o fantasma da eliminação da fase de grupos da Copa Libertadores da América se aproximando, mesmo que ainda resta três rodadas da competição internacional. No entanto, o Fla pode ganhar novos “reforços”. No jogo treino da última quinta-feira (19), cinco atletas, que não vêm sendo utilizados, ganharam destaque na movimentação.

Grande parte da torcida enxerga bastante dificuldades do Mais Querido encaixar no esquema 4-1-4-1, utilizado pelo antigo treinador, Paulo César Carpegianie, e que também é usado pelo técnico interino Mauricio Barbieri. Com isso, uma mudança de formação tática não está descartada. Alguns dos atletas que se destacaram contra o Tigres podem ganhar oportunidades já neste sábado (21) contra o América-MG.  Paolo Guerrero teve ótima participação no jogo-treino, porém, está suspenso e só poderá voltar aos gramados no início de maio.

Agora, Ederson, Trauco, Marlos Moreno e Jean Lucas, deram boa mobilidade ao meio-campo e ao ataque. O placar de 4 a 0 foi o de menos, apesar de ter tido gols de três dos citados anteriormente: Guerrero, Ederson e Marlos, além de Rômulo. Uma das justificativas para a titularidade de Renê, é devido ao forte poder de marcação que o lateral tem, se comparado com Miguel Trauco. Apesar disso, Marlos atuou pelo lado do peruano e funcionou bem na atividade, ajudando-o na recomposição, com Jean Lucas caindo por dentro e auxiliando a dupla.

Apesar de serem destaques no jogo-treino, que tivera duração de três tempos de 30 minutos, o trio sequer costuma ser relacionado para os embates do Rubro-Negro. O lateral da seleção peruana participou das principais jogadas do time, mesmo com outras peças sendo testadas. Entre elas, o único que ainda não poderá atuar é o seu compatriota: Guerrero. A titularidade, até então indiscutível pelos comandantes deste ano, de Renê pode estar sendo ameaçada por Trauco.

Na partida deste sábado (21), mexer na equipe titular não está descartado. Por dois motivos: primeiro, porque os titulares estão desgastados e segundo, o atuou esquema não vem dando certo. Com isso, Arão pode ganhar espaço no time de cima, Geuvânio também vem agradando a comissão técnica, além dos destaques da atividade desta quinta. Ederson, que fizera um gol de pênalti e se recuperou de um câncer, não tem data para voltar a ser relacionado e o seu contrato se encerra com o Mengão daqui a dois meses: em junho.