| Futebol

Jogadores que não fizeram 7 jogos na Série A e ainda podem mudar de time

flameng - Jogadores que não fizeram 7 jogos na Série A e ainda podem mudar de time

Apesar de o Campeonato Brasileiro já estar caminhando para a 16ª rodada, muitos jogadores ainda não completaram sete partidas por seus clubes e, por conta disso, ainda podem se transferir para outros times da Série A. Casos de Emerson Sheik, do Flamengo, e Rafael Marques, do Palmeiras, por exemplo.

Muitos dos jogadores dessas listas interessam a outros clubes, como o próprio atacante do Palmeiras, que despertou cobiça de Fluminense, Cruzeiro e Sport,mas o clube paulista não quer negociar.

UOL Esporte preparou uma lista com jogadores que podem ser alvo de cobiça de clubes rivais na Série A e 'mudar de lado' no Brasileirão.  

Atlético-MG

Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação


Tiago (5 jogos)

 


As falhas nas primeiras exibições sob a batuta de Marcelo Oliveira fizeram com que o zagueiro perdesse espaço. Hoje é o sexto jogador do sistema defensivo e está entre os negociáveis do elenco.

 

Edcarlos (4 jogos)
Caso o Atlético-MG consiga a contratação do equatoriano Arturo Mina, o zagueiro passa a figurar entre os negociáveis.

Yago (1 jogo)
Revelado pelas divisões inferiores do Atlético, volante está entre os atletas que podem ser emprestados.

Dátolo (4 jogos)
O meia argentino está na iminência de deixar o Atlético. Fluminense e Vitória já demonstraram interesse em sua contratação e ele tem vínculo com os mineiros somente até dezembro. A sua saída deve ocorrer em breve.

Capixaba (2 jogos)
Atacante não tem tanto espaço na equipe devido ao número elevado de peças para o seu setor. Está entre os atletas que podem sair por empréstimo.

Botafogo

 

Vitor Silva/SSPress/Botafogo


Helton Leite (6 jogos)
O goleiro perdeu espaço no Botafogo com a chegada de Sidão. Pode sair em caso de proposta

 

Lizio (2 jogos)
O apoiador boliviano não agradou nem um pouco e sequer tem sido relacionado para os jogos. Não tem propostas, mas pode sair caso chegue alguma coisa.

Anderson Aquino (6 jogos)
Contratado para ser o homem-gol do Botafogo, o atacante decepcionou e sequer tem sido relacionado para os jogos. Deve sair.

Geovane Maranhão (0 jogos)
Contratado junto ao Madureira após o Carioca, atacante não está nos planos.

Corinthians

 

AP Photo/Andre Penner


Elias (3 jogos)
Ausente por uma lesão importante, o volante deve voltar ao Corinthians em aproximadamente 20 dias. As possibilidades de sair para outra equipe brasileira são pequenas, pois Elias prefere ficar no clube, mas dirigentes corintianos não veem uma negociação de forma ruim. Há um ano o Flamengo realizou investida sobre ele. 

 

Maycon (2 jogos)
Parte do estafe do jovem volante corintiano pensa que um empréstimo para outra equipe pode ser boa solução para atuar mais vezes. Recentemente, Coritiba e Ponte Preta foram destinos comentados. Por outro lado, o Corinthians reluta em fazer esse tipo de negociação e prefere ter Maycon como alternativa. 

Danilo (3 jogos)
Constantemente procurado por outros clubes, o meia se recuperou recentemente de lesão e voltou a jogar com Cristóvão Borges. Apesar de só ter mais cinco meses de contrato, vê a saída do Corinthians como uma chance remota e prefere permanecer e lutar para seguir em 2017. No ano passado, foi procurado por Botafogo, Fluminense e Santos. 

Marlone (4 jogos)
Há uma semana, o meio-campista recusou oferta do Sport e indicou que gostaria de seguir no clube ao menos até dezembro. Porém, convive com poucas oportunidades desde que a temporada começou e se encontra insatisfeito por esse quadro atual.

Cruzeiro

 

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro


Alex (3 jogos)
Meia é considerado uma promessa do Cruzeiro e chegou a ser titular com Paulo Bento. Contudo, há muitos jogadores no seu setor, o que possibilita uma saída por empréstimo.

 

Ariel Cabral (6 jogos)
Meia perdeu espaço no início da passagem de Paulo Bento, mas voltou a jogar devido aos desfalques recentes – convocação de Lucas Romero e lesões de Henrique e Bruno Ramires.

Bruno Nazário (1 jogo)
Contratado por empréstimo junto ao Hoffenheim, da Alemanha, o meia-atacante não vingou na Toca da Raposa II. Caso haja um interessado no jogador, é possível que deixe o clube em breve.

Douglas Coutinho (6 jogos)
As contratações de Rafael Sóbis e Ramón Ábila reduziram as oportunidades do atacante. Ele não é nem sequer relacionado. O atacante, inclusive, foi colocado na lista de negociáveis do clube.

Federico Gino (4 jogos)
É um dos reservas na contenção do meio de campo. A sua permanência, contudo, é incerta, uma vez que perdeu bastante espaço após o revés para a Chapecoense.

Léo (2 jogos)
O zagueiro tem contrato com o Cruzeiro somente até dezembro e o clube não pretende renová-lo. Ele, inclusive, foi oferecido a outros times recentemente. O Santa Cruz demonstrou interesse em sua contratação.

Matías Pisano (4 jogos)
As recentes contratações acarretam em menos oportunidades ao meia-atacante. Ele foi o principal investimento do clube no início do ano, mas não rendeu o esperado. É possível que saia por empréstimo.

Mayke (4 jogos)
O lateral direito tem mercado europeu e nunca escondeu o sonho de jogar no Velho Continente. A sua saída deve acontecer em breve, mas para fora do país.

Flamengo

 

Divulgação/Staff_Images


Paulo Victor (3 jogos)
Goleiro perdeu a vaga para Alex Muralha. A princípio, segue na Gávea mesmo insatisfeito com a reserva.

 

Pará (4 jogos)
Lateral direito tem o interesse do Vitória, porém, a diretoria não está disposta a abrir mão do jogador, atualmente titular por conta da luxação no cotovelo sofrida por Rodinei.

Canteros (1 jogo)
O meio-campista argentino quase não vem sendo aproveitado na temporada. Tem grandes chances de deixar o Flamengo por empréstimo ou até de forma definitiva.

Emerson Sheik (4 jogos)
Atacante e Flamengo não falam a mesma língua. O fim do casamento aparentemente é questão e tempo e Sheik sempre recebe consultas de clubes do Qatar, Emirados Árabes e Japão.

Gabriel (6 jogos)
O meia é um dos jogadores perseguidos pela torcida por não conseguir emplacar. Ainda tem chances de sair.

Guerrero (5 jogos)
Embora tenha apenas cinco jogos, Guerrero continua no Flamengo em relação ao mercado interno. A possibilidade de sair é apenas para o exterior. O mercado chinês é um dos favoritos pelo estafe do camisa 9.?

Fluminense

 

NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.


Renato Chaves (1 jogo)
O zagueiro do Fluminense foi contratado no início do ano para brigar pela titularidade. Isso, porém, não tem acontecido no Tricolor. O defensor esteve insatisfeito por muito tempo e uma saída não é descartada, embora o clube não tenha a mesma vontade.

 

Pierre (5 jogos)
Volante sofre com excesso de lesões e, por isso, perdeu a sequência no time titular. Viu Edson e Douglas tomarem conta do meio de campo. Não é a prioridade, mas ainda não completou os sete jogos e pode sair.

Robert (0 jogos)
Meia-atacante voltou de empréstimo do Barcelona B e deve ser aproveitado no Fluminense. Isso pode mudar em caso de uma boa proposta de empréstimo.

Samuel (2 jogos)
Atacante tem aproveitado as brechas no elenco, mas nunca esteve entre as prioridades. Pode sair em caso de proposta.

Grêmio

 

Lucas Uebel/Grêmio


Bruno Grassi (3 jogos)
Goleiro reserva do Grêmio, Bruno Grassi atuou apenas na ausência de Marcelo Grohe. Não faz parte dos planos do clube liberar o jogador, mas se a proposta for boa, como o contrato dele acaba no fim do ano, poderia ser negociado. 

 

Bressan (6 jogos)
O Grêmio afastou o zagueiro do elenco após uma série de falhas. O motivo para não ficar nem no banco de reservas, também, contempla uma intenção de venda. O clube aguarda propostas por ele e não quer que complete sete partidas. Está totalmente disponível para sair. 

Wallace Oliveira (0 jogos)
Emprestado pelo Chelsea, o lateral direito ex-Fluminense perdeu espaço depois de uma série de lesões e da chegada de Edílson. É reserva e pouco utilizado. Com qualquer proposta, o Grêmio não pensaria duas vezes em repassar seu empréstimo que vai até o meio do ano que vem. 

Thiago Machowski (0 jogos)
Utilizado em alguns jogos do ano passado, o goleiro foi afastado do elenco principal do Grêmio e treina isolado. Em busca de uma nova oportunidade, ele seria facilmente liberado pelo clube.

Internacional

 

Vinícius Costa/ Agência Preview


Muriel (3 jogos)
Goleiro disputou os últimos três jogos, como titular, e deve atuar em mais duas partidas (Palmeiras e Ponte Preta). Depois volta a ser reserva. Inter não esconde que, se receber oferta, não fará força para segurar. Revelado na base do Colorado, goleiro tem 29 anos e deixou de atuar regularmente em 2013.

 

Geferson (4 jogos)
Surpresa de Dunga na convocação para Copa América-2015, o lateral esquerdo perdeu espaço para Artur. Chegou a ficar perto de Sampdoria-ITA e Sporting-POR, mas permaneceu no Beira-Rio.

Marquinhos (2 jogos)
Atacante contratado junto ao Cruzeiro, no começo do ano, é um dos grandes mistérios do atual elenco do Inter. Não conseguiu sequer fazer sombra aos titulares e muito menos ser opção imediata no banco. Já teve lesões musculares e atualmente faz número no grupo principal.

Mike (2 jogos)
Um dos destaques do Audax no último Paulistão, atacante renovou contrato e passou a ser opção no grupo principal. Recente lesão no menisco lhe tirou do banco no Gre-Nal. Ficará mais 20 dias parado.

Alisson Farias (1 jogo)
Tratado há tempos como uma das boas apostas da base do Inter, atacante não conseguiu deslanchar sob o comando de Argel Fucks. Perdeu muito espaço em 2016, mas nunca foi colocado na lista de negociáveis.

Maurides (0 jogos)
Irmão do zagueiro Maicon, do São Paulo, o centroavante voltou de empréstimo ao Arouca-POR. Treina com o elenco principal, mas Inter aguarda oferta para emprestá-lo. O Brasil de Pelotas chegou a sondar, mas não fez proposta.

Palmeiras

 

Cesar Greco/Ag Palmeiras


Rafael Marques (6 jogos)
Seis jogos na Série A e sondagens de clube como Grêmio e Sport. O meia-atacante Rafael Marques possui mercado aberto no futebol brasileiro, mas, ao mesmo tempo, a confiança do técnico Cuca. A ideia do clube, a princípio, é manter o jogador para o restante do Campeonato Brasileiro.

 

Lucas Barrios (3 jogos)
Depois da rusga com Cuca, Barrios recebeu mais uma chance no clássico contra o Santos, mas deixou o campo logo no começo do segundo tempo. Gabriel Jesus atua no setor do paraguaio e atingiu um status de intocável no elenco.

Santos

 

Ale Cabral/AGIF


Lucas Crispim (1 jogo)
Atacante não é aproveitado por Dorival Júnior. A diretoria santista tenta emprestar o jogador para um clube da Série A ou B do Campeonato Brasileiro. No ano passado, ele disputou o Brasileiro pelo Joinville.

 

Valencia (1 jogo)
O contrato do volante colombiano termina no fim deste mês e ele já foi avisado pela diretoria que não terá seu vínculo renovado. Ficará livre no mercado.

Rafael Longuine (2 jogos)
É outro meia-atacante do elenco que não agrada ao técnico Dorival Júnior. O Santos, inclusive, o ofereceu para tentar a contratação do meia Marcos Guilherme, do Atlético-PR, mas sem sucesso. A ideia é emprestar Longuine para disputar a Série A ou B do Brasileirão.

Fernando Medeiros (0 jogos)
O volante foi promovido do Santos B para o elenco principal no ano passado, mas não tem oportunidades com Dorival Júnior. Medeiros disputou uma partida pela Copa do Brasil, foi bem e até marcou um gol, mas não teve mais chances no time.

Matheus Nolasco (4 jogos)
O atacante é mais um que foi promovido do Santos B e que não tem espaços com Dorival. A ideia é negociá-lo por empréstimo ou até definitivo.

São Paulo

 

Rubens Chiri / saopaulofc.net


Caramelo (4 jogos)
O lateral direito ficou perto de acertar com o Sport, mas o clube pernambucano não quis esperar pelo jogador após a diretoria do São Paulo pedir mais tempo para a negociação. Ainda pode sair.

 

Daniel (1 jogo)
Pouco aproveitado por Edgardo Bauza, o meio-campista de apenas 22 anos pode ser emprestado para ganhar experiência.

Fonte: http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2016/07/14/jogadores-que-nao-fizeram-sete-jogos-na-serie-a-e-ainda-podem-mudar-de-time.htm

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.