| Futebol

Jornal inglês exalta Guerrero: "Se não fosse peruano, estaria no Barcelona"

"Guerrero é um dos melhores atacantes do mundo", descreve o "The Guardian", animado com a atuação do atacante peruano do Flamengo no empate com a Argentina

flameng - Jornal inglês exalta Guerrero: "Se não fosse peruano, estaria no Barcelona"

"Um homem que, se não fosse peruano, poderia estar jogando no Barcelona". É dessa forma que o conceituado jornal "The Guardian" apresenta Paolo Guerrero para os ingleses, antes do duelo entre Peru e Chile, nesta terça-feira, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo. Destacando o posto de capitão e o fato de ele ser o maior artilheiro de sua seleção, o "Guardian" descreve que o atacante do Flamengo é "abençoado com uma deliciosa mistura de delicadeza e força bruta".

- Guerrero é um dos melhores atacantes do mundo, e a falta de atenção que ele recebe tem mais a ver com o fato de o peruano jogar em uma liga não europeia do que qualquer outra coisa - descreveu o jornal, que usou como base ainda a análise de jornalistas sul-americanos.


Além da análise, o jornal, animado com a atuação do atacante no empate da última quinta com a Argentina, tenta embasar sua empolgação com estatísticas. Por isso, destaca que Guerrero chegou aos 28 gols em 74 partidas pela seleção peruana, superando Teofilo Cubillas na artilharia da equipe.

- Pode parecer pouco, mas ele conseguiu isso apesar de jogar em uma equipe modesta dentro uma eliminatória extremamente difícil e, nas duas últimas edições regulares da Copa América, em 2011 e 2015, ficou com a artilharia - completou o jornal.

O "Guardian" destaca ainda que ele foi contratado aos 19 anos pelo Bayern de Munique, onde marcou 21 gols em 23 jogos pela segunda equipe do time alemão. Além disso, enfatiza a passagem pelo Corinthians e a participação do atacante no título mundial de 2012, em que ele marcou o gol da vitória sobre o Chelsea.

Guerrero vai a campo nesta terça-feira para enfrentar o Chile em Santiago. A situação da seleção peruana, entretanto, é delicada nas eliminatórias. Com oito pontos em nove jogos, ocupa apenas a oitava colocação e, segundo os cálculos do matemático Tristão Garcia, soma apenas 3% de chances de ir ao Mundial da Rússia.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/eliminatorias-america-do-sul/noticia/2016/10/jornal-ingles-exalta-guerrero-se-nao-fosse-peruano-estaria-no-barcelona.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.