• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Jornal português afirma que presidente do Benfica, que tem interesse em Jorge Jesus, está sendo investigado em operação “Saco Azul”

Tentando tirar Jorge Jesus do Flamengo para a próxima temporada europeia, o Benfica vive clima conturbado nos bastidores do clube. A Procuradoria-Geral da República de Portugal confirmou que existem três arguidos na operação “Saco Azul” Segundo o jornal A Bola, são Luís Filipe Vieira, a Benfica SAD e Benfica Estádio.

A Procuradoria-Geral também confirmou que está aberto um inquérito dirigido pelo Ministério Público do DIAP de Lisboa, onde estão investigando um possível crime fiscal cometido.

O presidente do Benfica foi ouvido na última segunda-feira (13), mas as investigações continuam. Domingos Soares de Oliveira e Miguel Moreira, diretores do Benfica irão prestar depoimento sobre o assunto.

As investigações estão acontecendo por um processo de 2018. Na ocasião, 1,8 milhões de euros saíram das contas durante seis meses para serviços supostamente nunca prestados.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários divulgou um comunicado nesta terça-feira (14) suspendendo as ações do clube por conta da operação “Saco Azul”.

Confira o comunicado

“O Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deliberou, nos termos do artigo 214º e da alínea b) do n.º 2 do artigo 213º do Código dos Valores Mobiliários a suspensão da negociação das ações Sport Lisboa e Benfica – Futebol SAD e outros instrumentos relacionados, aguardando a divulgação de informação relevante ao mercado.”

Publicado em colunadofla.com.