| Futebol

Jozép Ricardiola: convicto, Zé vira meme e viraliza dentro e fora do Fla

Decisões do treinador rendem onda de comentários nas redes sociais. Com firmeza e mais acertos do que erros, ele conquista jogadores e "dobra" torcedores rubro-negros

flameng - Jozép Ricardiola: convicto, Zé vira meme e viraliza dentro e fora do Fla



Jogão que vale a liderança do Campeonato Brasileiro. Ainda no primeiro tempo, seu time perde um jogador de marcação por expulsão. Na plaquinha erguida pelo quarto árbitro na lateral do gramado, aparece o número do principal jogador da equipe. Ele vai ser substituído. Surpresa geral. Quantos técnicos têm peito para tirar o craque numa partida decisiva? Zé Ricardo teve. E tirou. Tirou Diego na partida contra o líder Palmeiras, em São Paulo (assista ao vídeo acima). E com a convicção daquela substituição subiu mais um degrau dentro e fora do Flamengo. Mais do que o resultado tático no empate por 1 a 1, a decisão do treinador teve efeito psicológico positivo no grupo.    

E também na torcida. A vice-liderança no Campeonato Brasileiro, com 50 pontos, um a menos que o Palmeiras, não livra Zé Ricardo de críticas. Desde que assumiu o clube, na quarta rodada da competição, tem que justificar, por exemplo, a opção por manter o volante Márcio Araújo no time. Márcio é titular absoluto, mas uma grande fatia da torcida tem restrições ao jogador, que barrou o colombiano Cuéllar. 

Contra fatos, no entanto, não há argumentos. É apoiado em decisões firmes que ele mantém o Flamengo na briga pelo título. A cada acerto numa escalação ou substituição, Zé consegue dobrar os torcedores rubro-negros. E o movimento nas redes sociais fica cada vez mais tranquilo, favorável e engraçado. 

Zé Ricardo virou meme. Viralizou na internet. Virou sucesso entre os torcedores e ganhou apelidos. O mais cômico: Jozép Ricardiola, numa "homenagem" ao espanhol Pep Guardiola, do Manchester City. Tem também o Zé Mourinho, brincadeira com o xará famoso que comanda o Manchester United. Zé está na moda e cheio de moral. 

- O Flamengo hoje tem a cara do Zé. Pode não ter trabalhado em outro clube, mas conseguiu trazer isso, é um técnico de muita qualidade. A personalidade, quer sempre um time agressivo, que joga para frente. É difícil falar dele. Estamos no caminho certo, ele tem o grupo na mão. Independentemente de quem jogue, de quem ele tira ou não, ninguém fica chateado. Ele tirou o Diego contra o Palmeiras, e o Diego entendeu. O grupo respeita as decisões dele - afirmou o zagueiro Rafael Vaz.

Firme nas decisões

Vaz é um exemplo da conduta de Zé. Chegou ao clube sem o mesmo prestígio do ídolo Juan e do badalado argentino Alejandro Donatti, mas o técnico recompensou a melhora fase de Rafael Vaz deu a ele um lugar no time titular. Zé Ricardo fez o mesmo com o goleiro Alex Muralha e com o lateral-direito Pará. A dupla foi bem nas ausências de Paulo Victor e Rodinei, respectivamente, e não saiu mais. E foi assim também com Gabriel e Everton, que não perderam espaço, apesar de Fernandinho ter feito bons jogos recentemente.




A forma como Zé Ricardo aplica suas decisões tem agradado direção e elenco. No último domingo, em São Paulo, um membro da comissão técnica, que preferiu não se identificar, definiu o estilo do treinador.

- O Zé aparenta ser esse cara pacato, mas ele tem personalidade. Quando toma uma decisão, ele vai lá e faz. Não fica se explicando. A decisão de tirar o Diego, por exemplo, foi rápida e sem titubear. E depois não teve conversinha. O trabalho segue.

Diego reconheceu que gostaria de ter jogado os 90 minutos da partida contra o Palmeiras, mas acatou e respeitou a decisão.    

- É um filosofia que está bem clara. Estamos onde estamos graças à generosidade e à cumplicidade de todos, e eu chego para cumprir esse caminho. Nosso treinador tem autoridade, tem que tomar decisões e nem sempre vai agradar a todos. Claro que gostaria de jogar os 90 minutos. É difícil, todos queremos participar de um jogo como esse, demorou um pouco para cair a ficha quando subiu a plaquinha com o meu número, mas eu respeito. O treinador tem essa autoridade, tem que tomar essa decisão, eu fui o escolhido hoje, mas o mais importante é que deu certo. Ninguém espera, somos sempre pegos de surpresa nesse tipo de situação, mas não foi a primeira vez que aconteceu comigo. Eu compreendo, na hora dá um choque, mas depois a gente entende, principalmente quando dá tudo certo, e a equipe conquistou um ponto muito importante. O time continuou correspondendo, fez um grande jogo, conseguiu por alguns minutos estar na liderança, o que é muito difícil jogando contra uma equipe como o Palmeiras - disse Diego, após a partida contra o Palmeiras.

Zé Ricardo virou um prato cheio para os torcedores e internautas. A cada jogo é assim. Nesta quarta-feira, por exemplo, ele vai escalar um time misto na Copa Sul-Americana. O Flamengo enfrenta o Palestino, do Chile, em Santiago, às 21h45m (de Brasília), no jogo de ida das oitavas de final. A decisão de poupar alguns titulares é baseada em dados dos médicos e preparadores físicos. Certa ou errada, vai dar o que falar.


Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/09/jozep-ricardiola-convicto-ze-vira-meme-e-viraliza-dentro-e-fora-do-fla.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.