| Futebol

Juan elogia Renato Gaúcho e explica reunião com vice do Fla: 'GPS mostra que corremos mais'

flameng - Juan elogia Renato Gaúcho e explica reunião com vice do Fla: 'GPS mostra que corremos mais'

Depois de quase uma semana, um atleta veio a público falar sobre as mudanças e polêmicas recentes no Flamengo. Coube a Juan, de 39 anos, ser o porta-voz do grupo após a saída de Rodrigo Caetano e Carpegiani, entre outros.

O zagueiro elogiou Renato Gaúcho, que negocia com o rubro-negro, mas passou a maior parte da coletiva detalhando qual foi a insatisfação do elenco com o vice de futebol Ricardo Lomba, que após a eliminação para o Botafogo no Estadual disse que o time não poderia correr menos que o rival.

Juan narrou que partiu do dirigente uma reunião com o elenco para esclarecer as declarações dadas de cabeça quente. E no encontro, os atletas externaram que não era possível aceitar que o elenco correu menos, porque o GPS do clube mostra o contrário.

- Alguns jogadores falaram, entre eles eu, Rever, Julio, Diego. Jogadores experientes, que têm essa função de liderança em momentos difíceis. A única coisa que falamos foi que a gente tem que aceitar hierarquia, ele tem direito de fazer críticas ao time, mas a gente não concordou que o time correu menos. Até porque hoje a gente é monitorado por GPS, enquanto não atingir a meta nos treinos e jogos, continua. Nesses jogos a gente correu mais que no jogo do Emelec. Ele entendeu a situação. Ele veio para ajudar a gente, tem ajudado. Declaração de cabeça quente, acontece, jogadores falam, treinador, dirigente. Dessa vez foi ele. O time não se sentiu ofendido. Ele pediu reunião. A gente entendeu e respeitou a crítica. Temos defeitos como time, mas não é falta de empenho. Discutir internamente como a gente sempre faz - detalhou Juan.

CONFIRA OUTROS TRECHOS DA ENTREVISTA

RENATO GAÚCHO

Renato é um grande treinador. Foi o melhor da América ano passado. A gente acompanha, faz um grande trabalho no Grêmio. Estamos voltados aos nossos trabalhos. Independente do treinador que venha, vai receber um grupo que quer corrigir os erros. O cenário ideal era ter um treinador desde o início do ano. Temos que trabalhar enquanto isso, as pessoas competentes vão buscar essa solução.

ELIMINAÇÃO PARA O BOTAFOGO

Vergonha é o nosso sentimento também. Sem desmerecer o Botafogo. Dentro das nossas qualidades e objetivos queríamos chegar na final do Carioca. Temos oscilado muito, não pode. A eliminação é uma possibilidade do campeonato. Fluminense fez um campeonato regular e foi eliminado. Pode encaixar numa partida e ir á final. Mas a vergonha é um sentimento nosso. Jogando no Maracanã, com mais torcida. A gente falhou. O que tem que falar para os torcedores é que estamos chateados com a eliminação, se readaptando ás mudanças, e trabalhando para os desafios pela frente. Esse é o cenário, indignação e readaptação.

BARBIERI

Barbieri é um começo de trabalho proveitoso. Ele já estava na nossa comissão, tem muito conteúdo para passar, já dava alguns treinos. É querido por todos.

TROCAS

Difícil falar em certo e errado. A diretoria optou pela saída de todas aquelas pessoas. Eu em nome do nosso grupo agradeço a todos. Rodrigo, pelo tempo de convívio, pelo que fez. Jayme, a história que tem no clube, Mozer, foi um prazer, é uma referência. Martorelli pelo tempo no Flamengo. E o Carpegiani. A gente está tentando se readequar aos novos profissionais.

MAIS SOBRE A QUEDA NO ESTADUAL

A eliminação ocorreu no momento que a gente não esperava, a gente sabe que tem que melhorar como time, coletivamente. O campeonato que te permite esse insucesso, numa noite ruim ser eliminado, é esse. Mas isso não tira nossa responsabilidade. Normal a indicação dos torcedores. Nosso grupo tem que ter um desempenho melhor. A gente trabalhar pra isso exaustivamente. E queremos ter mais sucesso nos próximos objetivos.

MAIS SOBRE A REUNIÃO COM O VICE DE FUTEBOL

Começam a criar bola de neve e fica fora do controle. Todos sabem das declarações do Ricardo Lomba depois do jogo. Em momento nenhum nós jogadores reclamamos da diretoria ou com ele sobre as declarações, as críticas que ele fez ao time. Diferente do que pensam, não pedimos reunião, partiu dele, para esclarecer esse assunto. A gente se cobra muito, diferente do que pensam. Ele esclareceu o assunto e na reunião foi tudo tranquilo, no pensamento de colocar um fim naquela polêmica que se criou e tocar para frente.

Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/juan-elogia-renato-gaucho-explica-reuniao-com-vice-do-fla-gps-mostra-que-corremos-mais-22557462.html

Comentar pelo Facebook