| Futebol

Juan, zagueiro do Fla, reconhece que suspensão de Guerreiro abala o time

O jogador também destaca rendimento do time abaixo do esperado e cobranças no Fla para classificação na Libertadores de 2018

Não é novidade que há uma pressão sobre o time do Flamengo. Na sétima colocação no Campeonato Brasileiro, com 50 pontos, o rubro-negro briga por uma vaga na Libertadores nesta reta final de competição. Muitos falam que o desempenho do time este ano foi decepcionante principalmente por causa do alto investimento no elenco de jogadores. Ao ser questionado sobre isso, Juan, zagueiro do Flamengo, disse no programa Bem Amigos, que o rendimento do time foi realmente aquém do que poderia ter sido:

- Eu particularmente não concordo com a palavra decepcionante, acho um pouco forte. Mas sim abaixo da expectativa que foi criada pelo clube, tanto dos torcedores como nós mesmo, jogadores. Com os jogadores que chegaram, a gente tinha condição de estar mais alto no Brasileiro, na tabela. Mesmo ganhando o Carioca, chegando na final da Copa do Brasil, o nosso objetivo do ano era a Libertadores e a gente fez uma Libertadores muito aquém daquela que a gente poderia fazer. Ficou uma cicatriz aberta durante todo o ano. Acho que, talvez, se a gente tivesse ganho a Copa do Brasil, com a vaga para Libertadores, a gente teria mais tempo e mais tranquilidade para projetar o 2018. Mas, infelizmente, não aconteceu e a gente tem que focar na reta final - ressaltou o jogador.

Ele também enfatizou que o abalo da desclassificação do Fla na Libertadores deste ano foi grande e que os jogadores lamentam até hoje:

- Por mais que a gente tente esquecer, porque a gente também se cobra muito e a gente também lamenta muito esse fato de não ter ido mais longe na Libertadores. Isso só vai acabar se a gente conseguir classificar de novo o Flamengo. É um objetivo nosso, dos jogadores, e um objetivo do clube também.

Juan também destacou que o investimento feito no clube nos últimos anos foi grande e que os jogadores têm que ter o compromisso de disputar a taça Libertadores com frequência:

- Eu acho que o Flamengo por tudo que ocorreu nesses últimos anos, em termos de financeiro, reestruturação do clube, de credibilidade e pelos jogadores que a gente tem que são todos jogadores de qualidade, a gente precisa ficar jogando anos e anos na Libertadores. Com o potencial que tem o Flamengo, com toda a estrutura hoje que o clube dá, e pelos jogadores que têm, a gente precisa jogar com frequência a Libertadores - reforçou.

Sobre a polêmica do Guerreiro, atacante do Flamengo suspenso preventivamente pela FIFA por 30 dias, Juan disse que afeta o time. O peruano foi pego no exame antidoping com a substância benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína.

- Abala. Antes de tudo pela pessoa, pelo amigo que é. Pelo momento que ele tava vivendo, não só no Flamengo como na seleção peruana. A gente acompanhou o sonho dele durante essas eliminatórias de levar o Peru de novo para a Copa do Mundo. E depois, tecnicamente é um jogador que faz muita falta pro flamengo - lamentou o zagueiro.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/juan-zagueiro-fla-reconhece-que-suspensao-guerreiro-abala-time.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.