Julio Cesar diz que está preparado para despedida no Flamengo e confessa que negou ampliar contrato

Julio Cesar diz que está preparado para despedida no Flamengo e confessa que negou ampliar contrato

Em meio ao momento delicado do Flamengo na temporada, Julio Cesar se prepara para sua despedida do futebol, neste sábado, contra o América-MG, no Maracanã. Um turbilhão de emoções para o goleiro de 38 anos, que decidiu voltar ao clube onde começou para encerrar a carreira com um contrato simbólico.

- Estou bastante consciente da minha escolha, ansioso, com a ideia fixa e madura. Apresentei um projeto ao Flamengo. O Rodrigo Caetano foi claro que o clube não busca jogador para a posição. Ficou definida essa situação desde o início. Com os três meses de convivência conversamos, o clube deu ideia de extensão de contrato, mas eu tinha a ideia fixa. Por problemas fixos eu escolhi não continuar - revelou o goleiro.

Na expectativa de sair por cima, também experimentou um pouco do que viveu quando jogou até 2004. Se a crise não é por briga para não ser rebaixado, é por falta de títulos e desempenho em campo de um elenco caro e repleto de estrelas. Para o goleiro, é hora de saber dividir os momentos.

- Eu jogar essa partida não é homenagem, é pelo meu desempenho. Me sinto preparado. Demonstrei que estou em forma. Essa partida é séria, segunda rodada do Brasileiro, uma responsabilidade. Coincide com um período da minha vida, mas o Flamengo é maior que o Julio Cesar. O torcedor vai apoiar o Flamengo - completou o goleiro.

- Sei da minha responsabilidade. Se formos campeões brasileiros botei minha pedrinha ali também. Me sinto honrado por ter já 40 mil ingressos vendidos. Mas para prestigiar o Flamengo. A gente vem de um empate, em que o torcedor não ficou feliz, mas nós também não. Temos que caminhar todos juntos.