| Futebol

Juventude ou experiência?

flameng - Juventude ou experiência?

As últimas semanas colocaram em cheque a despedida de Juan do Flamengo, e já se discute sua renovação para o ano seguinte. A seu favor, correm dois pontos: a experiência e o sangue rubro-negro. Ele é o único do elenco com currículo parecido, apesar de parcamente entrar em campo.

Mas o fato é que Juan é um mero reserva, numa zaga um tanto quanto indefinida para o próximo ano. Réver, ao que parece, é o único com cadeira cativa e com moral muito elevada. Donatti vem muito abaixo do esperado, se é que já não podemos dizer que foi uma má contratação, e Rafael Vaz aproveita as oportunidades, enquanto surpreende e mostra eficiência ao lado de seu companheiro.

Um outro ponto de nossa formação defensiva titular é que fica muito complicado jogar com qualquer combinação entre Réver, Juan e Donatti. Os três, apesar do excelente jogo aéreo, tem muitas dificuldades com jogadores velozes e com jogos com alto volume de contra-ataques. É algo a se pensar, e estou certo de que isso pesa por demais no momento de definir a titularidade de Rafael Vaz.

Essas quatro opções, portanto, acabam sendo as únicas utilizadas ao longo da temporada, em situações normais. Fico, contudo, com uma sensação de desperdício com o garoto Léo Duarte. Jovem, prata da casa e de qualidade, o zagueiro já deveria figurar entre os três principais do elenco, mas não está nem no top four. Sempre que se comentava a aposentadoria de Juan, imaginava-se sua ascensão no elenco, já que dificilmente contrataremos outro jogador para a posição.

Léo Duarte poderia estar cumprindo esse papel que Rafael Vaz faz no elenco, do zagueiro de velocidade e disposição. Claro que é complexo compará-los dessa maneira, mas os dois se destacam no quesito em relação às demais opções que temos.

Uma pequena parcela da torcida não considera o garoto apto para ganhar maior importância em nosso elenco, alegando falta de qualidade. Aí eu pergunto: e o Vaz é algum exemplo de maestria defensiva? O cara é ruim por demais, e está vivendo uma grande fase com a nossa camisa.

Entre a experiência de Juan e a juventude de Léo Duarte, para a próxima temporada eu ficaria com a segunda opção. Apoiarei sempre a diretoria quando a filosofia priorizar as pratas da casa, mesmo que for como uma das várias opções de uma determinada posição.

E olha que isso já poderia ocorrer em nossa volância…

SRN

Rodrigo Coli

rodrigo.coli@colunadoflamengo.com

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/11/juventude-ou-experiencia/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.