| Futebol

Kayke contará com torcida em peso de familiares no Mané Garrincha

Nascido no Distrito Federal, atacante revela que carinho da família e recepção calorosa dos rubro-negros aumentam ainda mais sua motivação para a partida

Kayke com a família (Reprodução/Instagram)

Kayke com a família (Reprodução/Instagram)

Para o atacante Kayke, as partidas do Flamengo em Natal e em Brasília são como se fossem em casa. Se no Rio Grande do Norte o camisa 27 voltou ao palco onde brilhou pelo ABC, no Distrito Federal o atleta reencontrou grande parte de sua família. Nascido na capital nacional, Kayke contará com o apoio em peso de seus parentes, 50 deles, que irão torcer pelo jogador no estádio Mané Garrincha.

Além das dezenas de familiares, mais 67 mil rubro-negros já esgotaram os ingressos da partida contra o Coritiba e vão empurrar a equipe em busca da vitória - que seria a sétima consecutiva do Flamengo no Campeonato Brasileiro, um recorde na história do clube na competição. Segundo Kayke, todos esses fatores são um incentivo a mais para entrar em campo e fazer uma boa apresentação.

"Fico muito feliz e motivado. A recepção foi incrível, foi assim em Recife e em Natal também, nao é à toa que temos a maior torcida do mundo. Vi que todos os ingressos foram vendidos, teremos recorde de público. Ser recebido dessa maneira é motivador demais e muito gratificante", afirmou. Sócio-torcedor tem prioridade e desconto nos jogos mais concorridos do Mengão. Faça sua adesão ao Programa Nação Rubro-Negra e copre antes de todo mundo!

Confira na íntegra a entrevista do Site Oficial com Kayke:

Site Oficial: Sua família é de Brasília, sabemos que estarão em peso no estádio esta noite para te apoiar. Como será jogar para eles, ainda mais nesse momento especial da sua carreira?


Kayke: Eu nasci em Brasília, mas fui muito cedo para o Rio de Janeiro. Minha mãe é de Brasília, a família dela toda também e parte da família do meu pai. Então tenho tios, tias, primos e primas, muita gente aqui, e eles estarão no estádio. Dei 50 ingressos aos meus familiares e eles estarão em peso no Mané Garrincha me apoiando, assim como no Rio de Janeiro e em Natal me sinto muito bem, me sinto em casa. Fico muito feliz em poder jogar perto deles, com certeza será um momento marcante pra mim.

Você jogou em Brasília no Brasiliense, em 2008. Que lembranças tem do Distrito Federal?

- Muito aprendizado. Minha passagem pelo Brasiliense foi curta, mas eu pude aprender muito, procuro tirar lições de toda as situações na minha vida. Estar em Brasilia é estar em casa também.

Como voltar a Brasília desta vez sendo recebido por milhares de torcedores no aeroporto?

- Fico muito feliz e motivado. A recepção foi incrível, foi assim em Recife e em Natal também, nao é à toa que temos a maior torcida do mundo. Vi que todos os ingressos foram vendidos, teremos recorde de público. Ser recebido dessa maneira é motivador demais e muito gratificante.

O atual elenco do Flamengo é repleto de jogadores da base. Qual é a importância de ter jogadores formados no clube neste momento de muita euforia da torcida? Para um jogador criado no Flamengo é mais fácil lidar com essa pressão?

- É importante essa reconstrução do Flamengo, muitos atletas que vieram da base estão no elenco e isso ajuda muito. Um resgate da tradição do clube. A gente que cresce no clube entende melhor, porque carrega desde pequeno a responsabilidade, não sente o peso da camisa. E já sabemos, desde a base, que a nossa torcida é assim: apoia e também cobra, é algo que aprendemos desde cedo.

Como está o clima na concentração para o jogo desta noite?

- O clima é de muito foco, estão todos muito focados. Sabemos da importância desse jogo, mas a euforia fica por conta apenas do torcedor. A gente sabe que tem muita coisa pela frente. Estamos pensando jogo a jogo e esse duelo contra o Coritiba será muito dificil. Estamos focados e com vontade de jogar, gostamos de jogos grandes.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/22161/kayke-contara-com-torcida-em-peso-de-familiares-no-mane-garrincha

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.