| Futebol

L! analisa começo de trabalho dos últimos comandantes do Flamengo

Início de campanha de Rueda no Flamengo é parecido com os últimos cinco treinadores do clube. Quem teve o melhor aproveitamento foi Zé Ricardo, ao lado de Muricy Ramalho

flameng - L! analisa começo de trabalho dos últimos comandantes do Flamengo

Rueda está apenas começando o seu trabalho no Flamengo e no futebol Brasileiro, mas apesar disso, o seu aproveitamento nos primeiros jogos foi semelhante aos últimos cinco treinadores do Rubro-Negro.

O LANCE! analisou o aproveitamento de Reinaldo Rueda e comparou com os últimos cinco treinadores anteriores a ele no Flamengo. Melhores inícios de trabalhos foram de Zé Ricardo e Muricy Ramalho, mas o Colombiano não ficou muito atrás.

Além do aproveitamento, o L! aproveitou para listar os "queridinhos" de cada treinador no começo de trabalho no Ninho do Urubu. Bastante criticado pelos torcedores, Márcio Araújo esteve presente com quase todos os comandantes

Confira os números dos treinadores


Rueda em 18 jogos  (2017) 

Oito vitórias, sete empates e três derrotas.

Colocou Cuéllar como titular, voltou com Juan para a zaga, lançou Paquetá no ataque.

Já chegou dando titularidade ao volante Cuéllar, que hoje vive grande fase. Juan também ganhou espaço e é homem de confiança do colombiano. Quem tem se destacado e chamado a atenção do treinador é Paquetá.

Zé Ricardo em 18 jogos (2016)

Dez vitórias, três  empates e cinco derrotas

Caiu em desgraça com a torcida por manter Márcio Araújo e insistir com Vaz e Gabriel. Esses três sempre foram "protegidos" pelo treinador e a relação entre ele e os rubro-negro foi ficando desgastada. 

Muricy Ramalho em 18 jogos (2016)

Dez vitórias, quatro empates e quatro derrotas

O goleiro era Paulo Victor, que só perdeu a vaga no Brasileiro, com Zé Ricardo. Gostava muito do Arão e do Rodinei, titular na época

Oswaldo de Oliveira em 18 jogos (2015)

 (Foi demitido com os mesmos 18 jogos)

Oito vitórias, três empates e sete derrotas

Wallace era um dos líderes, Alan Patrick o responsável pela criação e Márcio Araújo o cão de guarda.

Cristóvão Borges em 18 jogos (2015)


Oito vitórias, um empate e nove derrotas

Com Cristóvão, um dos que mais atuou foi o volante Canteros. Outro que teve algumas chances foi o goleiro César, que hoje é o quarto da posição no elenco atual.

Luxemburgo em 18 jogos (2014)

Oito vitórias, três empates e sete derrotas

Com Luxa dois jogadores tiveram uma boa sequência. Um deles foi Márcio Araújo, que ainda está no clube e o outro foi o atacante Alecsandro.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/analisa-comeco-trabalho-dos-ultimos-comandantes.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.