| Futebol

Lateral Jorge, do Flamengo, ganha força no Manchester City, de Guardiola e Gabriel Jesus

flameng - Lateral Jorge, do Flamengo, ganha força no Manchester City, de Guardiola e Gabriel Jesus

O Flamengo pode perder em breve a sua principal promessa. O lateral esquerdo Jorge é mais uma vez alvo do interesse do Manchester City, da Inglaterra.

O jogador de 20 anos, com contrato até o fim de 2017, é observado pela equipe desde o Mundial Sub-20, em 2015, mas o nome ganhou força.

Hoje comandada por Guardiola, o City já levou o brasileiro Gabriel Jesus, do Palmeiras, que jogou com Jorge no Mundial.

A informação de que uma proposta formal será enviada ao Flamengo em breve circula entre representantes do jogador e do clube, mas oficialmente a diretoria nega qualquer contato.

"Não digo nem sim nem não, mas Jorge merece ir para um clube do nível do Manchester City", declarou o empresário Eduardo Uram à Rádio Brasil.

Titular absoluto, Jorge tem multa rescisória alta, de cerca de R$ 100 milhões, mas poderia sair por um acordo financeiro. Mesmo assim, os dirigentes se dizem tranquilos.

— Não chegou nada para o Flamengo. Nunca recebemos nenhuma espécie de sondagem — garante o vice de futebol Flávio Godinho, sem demonstrar qualquer preocupação em perder o jogador.

Jorge é hoje a principal aposta para fortalecer o caixa rubro-negro com uma venda para a Europa. O lateral teve sondagens recentemente de grandes centros, como Itália e Inglaterra. Mesmo assim, manteve-se com o pé no chão no trabalho gradativo no Flamengo.

A não convocação para a Olimpíada deixou o jogador chateado e foi neste momento que ele passou a se destacar ainda mais no Flamengo. A subida de produção também coincidiu com a saída do técnico Muricy Ramalho e a chegada de Zé Ricardo, que lhe deu mais liberdade ofensiva.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/lateral-jorge-do-flamengo-ganha-forca-no-manchester-city-de-guardiola-gabriel-jesus-20146320.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.