| Futebol

Léo faz 23 anos em fim de semana de festa pelo xará mais famoso

Lateral-direito enfrenta temporada de lesões e chega a outubro com apenas sete jogos na bagagem rubro-negra

Leo Flamengo (Foto: Vicente Seda)Lateral-direito Léo se recupera de luxação nos tendões fibulares (Foto: Vicente Seda)

Léo chegou ao Flamengo no início de 2014 para ganhar cancha e se habilitar a substituir o xará mais famoso, que completa 500 jogos pelo clube no sábado. Mas, o baiano, aniversariante do dia, jogou muito menos do que esperava devido a constantes lesões. Fez apenas sete partidas, nas quais até figurou bem, todavia na data em que chega aos 23 anos o lateral-direito anseia por um fim de ano com mais oportunidades e menos problemas. Atualmente, encontra-se entregue à preparação física.

saiba mais
  • Léo Moura 500 jogos: em prantos, jogador passa a limpo carreira no Flamengo

No dia 6 de abril, data da primeira partida da decisão do Carioca, contra o Vasco, Léo sofreu sua primeira lesão jogando pelo Flamengo. Levou uma pancada e teve uma luxação dos tendões fibulares. Foi preciso passar por uma cirurgia e um mês e meio de recuperação para voltar a treinar apenas no fim de maio. Desde então não fez mais nenhum jogo pelo Fla.

Com o técnico Vanderlei Luxemburgo, Léo teria uma chance de ser titular contra a Chapecoense, mas na véspera da viagem reclamou de dores na coxa direita e ficou fora. Antes da definição da delegação para o confronto com o Criciúma, mais uma vez sucumbiu.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.