Ligação entre meio e ataque falham e Flamengo só empata na estreia

Ligação entre meio e ataque falham e Flamengo só empata na estreia

Para quem esperava uma grande atuação do Flamengo na temporada, não viu isso. O Rubro-Negro teve atuação abaixo do esperado e só empatou com o River Plate, da Argentina, na estreia na Copa Libertadores, nesta quarta-feira à noite, no Nilton Santos. Apesar dos gols terem saídos em jogadas isoladas, as laterais do Fla foram uma avenida e o meio não conseguiu a esperada ligação com o setor ofensivo.

FALHAS NA ARMAÇÃO
O Flamengo ficou devendo na hora de criar oportunidades. O meio de campo, no esquema 4-1-4-1 ficou devendo. A primeira parte de criação não alcançava a criação rubro-negra e isso foi prejudicial para impedir a vitoria rubro-negra. Na úncia vez que conseguiu essa ligação, em uma jogada genial de Lucas Paquetá, o Fla atingiu a meta, com um belo gol de Everton. Na maior parte de partida, o Flamengo ficou devendo sua principal transição entre meio e ataque. Isso atrapalhou uma vitória na estreia.

SISTEMA DEFENSIVO EM NOITE PARA ESQUECER
A começar com Diego Alves. O goleiro não teve uma grande noite. Falhou no segundo gol do River, com uma bola defensável, e  foi questionado no primeiro. Por falar no primeiro gol - independentemente de Mora estar impedido - Juan falhou. Não saiu do chão e viu o o atacante cabecear sozinho para o gol do Fla. No segundo, um bate-rebate e ninguém para abafar. O Flamengo foi pouco produtivo no ataque, mas chegou ao gol. Mas a defesa teve uma noite para esquecer.

LATERAIS AVENIDAS
Os flancos da defesa do Flamengo precisam se reforçar. Isso já virou palpável. Tanto Renê, Pará, Trauco e Rodinei não condizem com um elenco forte. Pará, inclusive, mostrou que chegou ao ponto que precisa mudar de ares. Sempre que joga, tem atuação irregular. Rodinei, ofensivamente, é uma boa peça, mas deixa muito a desejar na defesa. Renê, a mesma coisa.  O River Plate atacou muito por seu lado, com Rdrigo Mora, e dali, saíram as melhores jogadas. É hora de Carpegiani rever a forma de jogo. Talvez um 3-5-2 seja uma boa opção. O meio pode ser criativo ocm quatro jogador, nesta noite não rendeu, mas no geral tem tido boas atuações.

VEJA COMO O FLAMENGO TERMINOU A PARTIDA
No fim do jogo, Carpegiani mudou o esquema e terminou com dois volantes. Nessa, sofreu pressão do River Plate e acabou sofrendo um gol no final da partida, devido a pressão. Veja como terminou a equipe.