Botafogo e Flamengo farão um clássico nas semifinais da Copa do Brasil após eliminarem Atlético-MG e Santos, respectivamente. Menos de um dia após a classificação das duas equipes, os primeiros debates sobre os locais dos jogos já começaram a aparecer. O Alvinegro descartou fazer as duas partidas no Maracanã e não abre mão de atuar no Nilton Santos em um dos confrontos.

"O Botafogo tem sua casa. Não tem motivo para não jogar no Nilton Santos", afirmou o vice-presidente de estádios do clube, Anderson Simões, em entrevista ao ​globoesporte.com.

O Flamengo, por sua vez, ainda estuda em qual local sediará o jogo com o seu mando de campo. A Ilha do Urubu, com capacidade para 19.192 torcedores, está apta a receber uma partida de semifinal da Copa do Brasil, já que a CBF exige que o estádio tenha capacidade mínima de 15 mil pessoas. No entanto, alguns cartolas no clube já começam a defender a ideia que um duelo desse porte deve ser levado para o Maracanã.

As semifinais serão disputadas nos dias 16 e 23 de agosto. A tendência é que a divisão de ingressos seja de 90% para os mandantes e 10% para os visitantes nos dois jogos.

​​

​​