| Futebol

Luxa comemora vitória, mas já vira a chave e convoca torcida contra Santos

Treinador elogia postura do time diante do América-RN, pelas quartas de final <br>da Copa do Brasil, porém, já pensa na sequência do Campeonato Brasileiro

 

O placar foi magro. Mas a vantagem é boa - e muito importante. O gol de Gabriel ajudou o Flamengo a vencer o América-RN, por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Arena das Dunas, e Vanderlei Luxemburgo a sair satisfeito na noite desta quarta-feira (veja os melhores momentos da partida no vídeo ao lado). Afinal, os rubro-negros agora podem até empatar na volta, no próximo dia 15, no Maracanã, que se classificam para as semifinais da Copa do Brasil. Se devolver o 1 a 0, o time potiguar força a decisão por pênaltis.

- Foi uma vitória muito boa. O América-RN, independentemente de estar em uma situação desconfortável na Série B, é um time muito rápido na transição. Se deixasse espaço, como estava no início do jogo, seria furado por eles. Mandei o Márcio (Araújo) colar no número 10 deles (Arthur Maia), e ficou mais difícil. A vitória fora de casa na Copa do Brasil representa muito. Agora, é esquecer e convocar o torcedor para o jogo contra o Santos. Vai ser importante o torcedor, que é o centroavante da equipe, comparecer. A equipe vem jogando bem, e, em casa, o torcedor é fundamental. Serão três jogos decisivos - disse o treinador.

O Flamengo encara o Santos no sábado, às 16h20 (horário de Brasília), no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

saiba mais
    •  Leia a crônica da vitória em Natal
    • Tempo Real: todos os lances da partida
      • Atuações: veja as notas dos jogadores do Fla

 Confira a entrevista completa do treinador:

Decisão pelos titulares
 
- Futebol é um jogo também fora do campo. Não é que enganei a imprensa. Tomei a decisão depois de uma análise com a comissão técnica do momento físico de cada um. Não é porque eu disse que poderia fazer como no jogo com o Coritiba (quando poupou titulares) que não faria diferente. Foi importante para esse momento. É um jogo inteligente. Analisando a competição para a frente, teremos mais 65 dias. Treze jogos do Brasileiro e mais cinco da Copa do Brasil. É preciso sacrifício, concentração, profissionalismo e envolvimento do clube como um todo. Sábado, temos de dar mais uma demonstração do que podemos fazer. A temporada começou equivocada, com um título (Carioca), mas depois próximos da confusão (no Brasileiro, perto da zona de rebaixamento). Ela (a temporada) de repente pode se apresentar muito boa no final. 

Vanderlei Luxemburgo - técnico do Flamengo - América-RN x Flamengo (Foto: Alexandre Lago/GloboEsporte.com)Luxemburgo quer time focado no duelo contra o Santos (Foto: Alexandre Lago)

Postura em campo

- A palestra foi nesse sentido. Não adiantava jogar bem e ficar faltando alguma coisa. Tínhamos que juntar o que encontramos de identidade com o que avançamos na parte tática e técnica. Correr atrás aqui é duro. Eles são rápidos, em uma arena muito bonita. Foi um evento bonito de futebol.
 
Vantagem
 
- Temos agora que esquecer a Copa do Brasil e pensar no Brasileiro. Na volta, o adversário vai ter que jogar em uma situação desconfortável. Não tomamos gol e fizemos fora de casa. Traz uma vantagem, mas não garante a classificação. O América-RN tem uma pontuação ruim na Série B, mas o time tem bons jogadores.
 
Jogo contra o Santos
 
- O Santos é um time de muita habilidade e mobilidade, leve. Vamos descansar, fazer a recuperação e chegar ao Rio em outro momento. Vamos jogar com apoio do torcedor. É um clássico, com grandes jogadores. A torcida vai ajudar como aconteceu contra o Atlético-MG, Coritiba e outros jogos.



Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.