| Futebol

Luxemburgo lembra fase "pegador" de Élton e avisa: "Veio para jogar bola"

Treinador diz que assédio feminino fez com que o atacante perdesse o rumo da carreira em determinados momentos, mas faz elogios: "Sabe fazer gol"

Élton nem chegou oficialmente ao Flamengo, mas já levou um puxão de orelhas de Vanderlei Luxemburgo. Depois de ser aprovado nos exames médicos nesta terça-feira, o atacante assinará contrato até o fim do Estadual de 2015 e deve ser apresentado oficialmente na próxima quinta como reforço para vaga de Hernane. Questionado sobre a nova peça do elenco, o treinador chamou a atenção, não poupou palavras para alertar que estará atento a vida pessoal do jogador e pediu foco no trabalho que será desempenhado dentro de campo.  

Garantindo acompanhar a carreira de Élton desde o período em que defendeu o São Caetano, em 2005 e 2006, Luxa disse que o jogador perdeu o foco por conta do assédio feminino em determinado momento. Sorridente e brincalhão, o treinador cobrou profissionalismo para que o ex-atacante do Corinhians não desperdice a chance de jogar no Flamengo, após defender o Al Nassr, da Arábia Saudita, na última temporada.  

- É um jogador interessante, que sabe fazer gol. A discussão da contratação dele passou por comportamento. Aquilo de ser o bonitão, belezão, que pega todo mundo, o comedor... (risos) Aqui, ele veio para jogar bola. Tem capacidade para nos ajudar. Já o conheço há muito tempo, desde os tempos de São Caetano. Depois, desviou a cabeça, está tranquilo, e vamos confiar nesse momento dele. Mas é bom também ser um fio desencapado para dar choque.

Élton chega ao Flamengo para disputar posição com Alecsandro, assim como aconteceu no Vasco da Gama em 2011. O Rubro-Negro será o 11º clube da carreira do atacante, que já defendeu Iraty (PR), São Caetano, Santo André, Legia Varsóvia (Polônia), Vasco, Braga (Portugal), Corinthians, Vitória, Náutico e Al Nassr.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.