| Futebol

Maracanã, Gávea ou Guaratiba...

Flamengo 3 x 0 Boa Vista

flameng - Maracanã, Gávea ou Guaratiba...

Um dos sonhos dourados do torcedor rubro-negro em geral, é que o Flamengo tenha o seu estádio. Impossível se  imaginar que clubes infinitamente menores possam ter um estádio pra chamar de seu, e que o pujante e incomensurável "mais querido" do planeta não tenha ainda a sua casa. 

Muitos anos em que se supunha que o velho Maraca seria eterno, mas hoje temos um outro estádio, sem o tamanho e o glamour dos tempos passados. Um Maracanã privatizado e consequentemente para dar lucro a qualquer custo. No entanto, as evidencias dizem que sem o Flamengo  o Mário Filho deverá virar um "elefante Branco", o Flamengo tem interesse  em administrar o  estádio. O Governo do Estado sinaliza com uma nova licitação, depois da desistência oficial do consórcio, mas provavelmente sem a participação de clubes de futebol e sim de empresas interessadas em apenas, novamente visar somente o lucro.

Através do presidente Bandeira de Mello, o Flamengo está dando uma decisão no governo, ou o Flamengo protagoniza a licitação ou vai a procura de uma outra alternativa. Será que ainda poderemos ficar sonhando com o Maracanã,  partimos para a construção de um novo estádio ou ainda poderemos viabilizar o velho Estádio da Gávea.  

Surgiu no horizonte rubro-negro, a possibilidade de um estádio no bairro carioca de Guaratiba, uma arena simples e funcional para 48 mil expectadores, com o custo de construção relativamente baixo se comparado a construções de outras arenas, ou seja, 700 milhões de Reais. 

Também a possibilidade da ampliação da Gávea, para uma  capacidade de   cerca de 15 mil expectadores, segundo o presidente Bandeira, a Associação de Moradores do Leblon , já sinalizou que não colocará empecilhos, desde que não construam um Shopping no local. 

Uma luz no fundo do túnel? Um  sonho? Um devaneio? Uma possibilidade concreta?

Segundo palavras do presidente Bandeira, parceiros já estão acertados, a prioridade ainda seria o Maracanã, porém o acerto com o Maracanã ou a construção da arena em Guaratiba, não inviabilizam a ampliação da Gávea, poderemos no futuro ter dois estádios... Assim o arco-íris infarta!!!

 

Flamengo 3 x 0 Boa Vista

Valeu pelo primeiro tempo, valeu pela volta do Mancuello jogando muito bem.  Uma análise do segundo tempo fica prejudicada devido a queda de sinal da Net, jogos do mundo inteiro sem problemas, aqui na TV muito bem paga, falhas técnicas... O Boa Vista é bem fraquinho, mas Confiança e V.Redonda também eram. A verdade é que hoje fizemos um bom jogo, além da volta do Macu, o Alan Patrick jogou bem mais uma vez, o Cirino também subiu de produção, o Cuéllar bem melhor que nos últimos jogos, o Rodinei fez bom jogo, apesar do gol, o Guerrero mais uma vez deixou a desejar, continua devendo o badalado atacante.  

O  Mancuello da um dinamismo maior ao nosso meio campo, a bola fica mais rápida pra chegar ao ataque, além disso,  o argentino é mestre nas assistências de bolas paradas ou mesmo rolando, seu comprometimento e intensidade de jogo serão vitais para a maximização dos nossos jogos na sequencia da temporada. 

Hoje jogamos num 4 4 2 , um grande alento saber que não é ideia fixa do Muricy jogar sempre num 4 3 3. Vamos aguardar as próximas partidas, para ter total certeza da ascensão do time. Também jogamos numa semana cheia, com tempo pra descanso e treinamento.

 

Histórias Rubro-Negras

1982

Mais um grande ano na gloriosa trajetória do Flamengo, ano da fatídica Copa da Espanha, onde Zico, Leandro e Júnior foram os representantes  rubro-negros, poderíamos ter por lá mais alguns dos nossos craques, mas o treinador Telê, do alto de sua teimosia e vaidade incomensuráveis, preferiu alguns jogadores bem menos categorizados que os nossos, um Raul, um Andrade, um Adílio e mesmo um Tita mereciam estar entre os 22 jogadores daquela copa, porém frustração foi o que restou. 

Mas o Flamengo foi novamente Campeão do Brasil, numa difícil e emocionante sequencia de finais contra o Grêmio de Porto Alegre, no primeiro jogo num Maracanã com mais 138 mil pagantes, um 1 x 1 dramático, o time gaúcho abriu o placar aos 39 minutos de segundo tempo através do ponta esquerda improvisado Tonho, o maior volume e domínio de jogo do Flamengo não redundaram  em gols, assim a  imensidão rubro-negra emudeceu, uma derrota em casa parecia iminente, eis que numa jogada de Júnior pela esquerda, Zico aos 44 minutos  recebe uma bola improvável, mas com a clarividência dos extra série o galinho mata a bola e dá um chute cruzado sem defesa para o goleiro Leão, a Nação explode o velho e saudoso maraca, um novo alento toma conta de toda a Nação Rubro-Negra. No segundo jogo no Estádio Olímpico um teimoso 0 x 0 não saiu do placar, jogo nervoso e de poucas chances de gol. Um novo jogo foi marcado para o mesmo estádio, logo no início numa jogada magistra, Zico deixa Nunes afeição para marcar o gol do título, minutos após Leão desfere um soco em Nunes dentro da grande área gremista, o árbitro Oscar Scolfaro finge não ver o penal  e jogo que segue. Um segundo tempo mais do que emocionante, o Grêmio vem com tudo, nosso time recua, joga retrancado, o Grêmio cria algumas chances, porém a raça e a determinação do Flamengo falam mais alto, o jogo chega ao fim com a difícil vitória pelo placar mínimo, Zico e Cia dão a volta olímpica dentro das hostes gremistas. O Flamengo é pela segunda vez Campeão Brasileiro. Atuamos com Raul, Leandro depois Antunes, Figueiredo, Marinho e Júnior, Andrade, Adílio e Zico, Tita, Nunes depois Vitor e Lico.  Depois da Copa, ganhamos mais uma vez a Taça Guanabara numa final contra o Vasco, Adílio no último minutos de jogo marca o Gol da vitória.  Na Libertadores depois de uma boa campanha, fomos eliminados no Maracanã pelo Peñarol do Uruguai,  1 x 0 gol de Jair ex Inter  em cobrança de falta com falha do goleiro Cantarelli. Na final do Estadual também não fomos felizes, perdemos para o Vasco por 1 x 0 com gol de M.Antonio Rodrigues, claramente o time decresceu de produção no segundo semestre da temporada. Mas a conquista do brasileirão e da Taça GB valeram e muito naquele 1982. Atuamos em 66 jogos, vencemos 38 jogos, empatamos 14 e também perdemos 14 jogos, um aproveitamento de mais de 68 % dos pontos disputados, marcamos 132 gols e sofremos 72 com saldo de 60 gols. Mais uma vez Zico foi o artilheiro com 47 gols, depois Tita com 19 gols, Nunes com 12 gols, Adílo com 9 gols , Lico com 8 gols e assim por diante. Nosso time base foi Raul, Leandro, Figueiredo, Marinho e Júnior, Andrade, Adílio e Zico, Tita, Nunes e Lico, ainda jogaram Cantarelli, Mozer, Vitor, J.César Barbosa, Wilsinho, Anselmo, Peu e Edson...

SRN


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.