| Futebol

Marcelinho aprova experiência, mas vê Fla jogando fora das características

Capitão rubro-negro lamenta os erros, diz que equipe permitiu que Phoenix abusasse dos contra-ataques, mas aposta no mais entrosamento contra Orlando e Memphis

Marcelinho e Goran Dragic Basquete Flamengo x Phoenix Suns (Foto: Getty Images)Diante da marcação de Dragic, Marcelinho busca a melhor jogada (Foto: Getty Images)

Capitão e jogador mais experiente do elenco do Flamengo, Marcelinho concordou em partes com seu comandante. Embora reconheça que a quantidade excessiva de erros foi determinante para a derrota num jogo contra uma equipe da NBA, o ala-armador não gostou de ver o atual campeão da Copa Intercontinental jogando fora de suas características em boa parte da partida.

- Infelizmente erramos demais e fugimos das nossas características em alguns momentos. Até fizemos um jogo de igual para igual, mas perdemos muitas bolas e permitimos que eles jogassem como eles gostam, com muita velocidade nos contra-ataques. Isso foi mortal para o resultado da partida – afirmou.

Os erros a que Marcelinho se refere foram basicamente no segundo e quarto períodos, quando o time rubro-negro sofreu alguns apagões e ficou muito tempo sem marcar. Sem querer encontrar desculpas pela derrota, o capitão do Flamengo lembrou que esse foi apenas o quinto jogo dessa equipe na temporada e que a equipe ainda tem muito o que evoluir.

saiba mais
  •  Flamengo vence 1º quarto, mas perde para os Suns em sua "estreia" na NBA
  •  Painel gigante na entrada do ginásio anuncia duelo Flamengo e Suns

- Aos poucos nós vamos ganhando uma cara e recuperando o entrosamento. Pelo fato de termos ganho a Copa Intercontinental, as pessoas esquecem que estamos no começo do trabalho e ainda temos muito o que evoluir. O Herrmann chegou agora e o Benite praticamente não jogou a temporada passada inteira.  Tenho certeza de que vamos jogar bem melhor nos dois próximos jogos – disse o camisa 4.

Questionado se o glamour vivido durante os dias que antecederam a partida e o deslumbramento com a estrutura oferecida pela NBA atrapalham de alguma maneira, Marcelinho foi curto e direto.

- A gente vem de uma final contra um time que todos apontavam como melhor do que a gente e dentro de quadra nós mostramos que isso não era verdade. É claro que todos nós ficamos impressionados com a estrutura do Phoenix, mas quando entramos em quadra deixamos isso de lado e só pesamos em jogar de igual para igual contra qualquer adversário


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.