| Futebol

Márcio Araújo minimiza "fora" ao rever alviverdes: "Maioria não compactuava"

Antes de encarar pela primeira vez seu ex-clube em São Paulo, volante que fez gol e comemorou no primeiro turno refuta mágoa com palmeirenses pelo site "Fora Araújo"

Marcio Araujo treino flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)Em paz com a torcida do Fla: Márcio Araújo retribuiu carinho dos fãs (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Nesta quarta-feira, a torcida do Palmeiras vai rever um velho conhecido sem muito prestígio entre os palmeirenses. Em quatro anos no clube, Márcio Araújo conviveu com críticas em uma relação conturbada com os torcedores, que chegaram a criar um site chamado "Fora Araújo", no qual havia um cronômetro com uma contagem regressiva para o fim do contrato do jogador. Mas o volante que trocou o Alviverde pelo Flamengo em janeiro garante não ter nenhum sentimento de mágoa ou revanche para o reencontro, que será seu primeiro jogo em São Paulo do lado do Palestra Itália. 

- Pelo contrário, sentimento é de gratidão por tudo que passei no clube. Independentemente do manifesto, a maioria não compactuava com isso. Fui feliz pelo período que passei lá, infelizmente acabou, eu decidi dar uma saída, buscar novos ares. Mas vou jogar não para aproveitar por ser contra um ex-clube, mas para defender a camisa do Flamengo - afirmou o jogador, que desde sua despedida do Palmeiras disse que nunca se sentiu perseguido pela torcida.

Se no Palmeiras faltou prestígio, no Fla Márcio Araújo conquistou ao marcar o gol do título do Campeonato Carioca este ano. Elemento surpresa no ataque em alguns jogos, o volante também já balançou a rede neste Brasileirão justamente sobre o próprio Palmeiras: na vitória por 4 a 2 no primeiro turno, no Maracanã. E comemorou, diferentemente do hábito adotado por alguns atletas quando enfrentam ex-clubes (veja no vídeo abaixo).

 

Se teve a torcida contra mesmo quando estava no Palmeiras, agora o volante espera usar os torcedores a seu favor. Com o Alviverde à beira da zona de rebaixamento, Márcio Araújo acredita que a pressão da arquibancada pode pesar mesmo com o adversário motivado após a recente mudança de treinador.

- Sempre quando existe mudança dentro do clube, na maioria das vezes de comando, o ânimo é renovado. Jogadores que estavam desacreditados ganham oportunidade, foi o que aconteceu com a chegada do Dorival (Júnior). Mas sabemos também da pressão que eles vão sofrer e esperamos usar isso a nosso favor.

Flamengo e Palmeiras se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Pacaembu, pela 22ª rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro é o 10º colocado com 28 pontos, sete a mais do que o Alviverde, primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.