• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Marcos Braz garante que Fla entrará em campo e seguirá recomendações da CBF: “Não tem o que fazer”

Na noite da última terça-feira (11), foi divulgado que quatro jogadores do Atlético-GO testaram positivo para a Covid-19, às vésperas do confronto contra o Flamengo, válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, apesar disso, o clube de Goiânia entrou com um recurso junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), pedindo a liberação dos atletas, e o ‘pedido’ foi aceito pela entidade.

Já em Goiânia, onde acontece a partida desta quarta-feira (12), o vice-presidente de futebol do Fla, Marcos Braz, em entrevista ao jornalista Gabriel Reis, do canal ‘Paparazzo Rubro-Negro’, disse que o Mais Querido vai acatar as normas da Confederação: “Não sou médico. Não tem o que fazer. O Flamengo vai cumprir as recomendações que a CBF mandar”, disse.

Representantes do Atlético-GO alegaram que os jogadores não são mais potenciais transmissores do novo coronavírus e a justificativa foi aceita pela comissão médica da CBF. A informação foi divulgada inicialmente pela jornalista Nathália Freitas, da Rádio Sagres. Com a explicação do clube e com a decisão da entidade, os atletas que testaram positivo para a doença foram autorizados a participar do duelo contra o Mais Querido.

O duelo entre Flamengo x Atlético-GO acontece às 20h30 (horário de Brasília), no Olímpico, em Goiânia. A partida terá transmissão exclusiva do Premiere. O confronto é válido pela segunda rodada do Brasileirão e o retrospecto é favorável ao Rubro-Negro que não perde para este adversário há nove anos e nunca foi derrotado como visitante.

Publicado em colunadofla.com.