| Futebol

Maria Clara Lobo integra dueto de nado artístico nos Jogos Sul-Americanos

Rubro-negra representará o Brasil em Cochabamba

flameng - Maria Clara Lobo integra dueto de nado artístico nos Jogos Sul-Americanos

Foto: Reprodução Instagram

A seleção brasileira de nado artístico definiu a dupla que disputará o dueto nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia. A rubro-negra Maria Clara Lobo será uma das representantes do Brasil na competição, que acontece entre os dias 2 e 6 de junho. 

Criada nas piscinas da Gávea, a atleta fez parte da equipe livre e técnica nas Olimpíadas do Rio em 2016, conquistando a melhor nota do país na modalidade em Jogos Olímpicos na história. No mesmo ano, Maria Clara levou o Flamengo ao lugar mais alto do pódio no dueto técnico no Campeonato Brasileiro, ao lado de Lorena Molinos. Em 2017, pela seleção brasileira, a nadadora integrou o dueto no Mundial de Budapeste e no Campeonato Santiago Open.

Treinando com a equipe nacional desde janeiro sob o comando de Roberta Perillier, treinadora do Mais Querido, e Andrea Cury, Maria Clara foi escolhida para representar o Brasil em 2018 ao lado de Luisa Borges. Eduarda Micucci, do Flamengo, completa o grupo como reserva.

"Já tinha competido muitas vezes representando o clube e as seleções de base com diferentes atletas. Sempre estamos buscando crescer dentro do esporte. Acho que fazia parte do meu crescimento chegar no dueto que treinaria para o próximo ciclo olímpico, então almejei isso e consegui conquistar", disse Maria Clara. 

Nos Jogos Sul-Americanos, a rubro-negra integrará também as equipes livre e técnica. Os solos ainda não foram decididos. Na última quarta-feira (28), Maria Clara recebeu o Prêmio Brasil Olímpico como a melhor atleta da modalidade na temporada 2017.

As equipes de nado sincronizado do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Banco Bonsucesso, Furnas, Estácio, LafargeHolcim/Cimento Mauá, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/27050/maria-clara-lobo-integra-dueto-de-nado-artistico-nos-jogos-sul-americanos