Marinho admite possibilidade de jogar no Flamengo

Marinho admite possibilidade de jogar no Flamengo

Destaque no Campeonato Brasileiro de 2016 atuando pelo Vitória, Marinho está na China desde 2017 vestindo a camisa do Changchun Yatai. O começo no time chinês foi conturbado. Contratado para ser a estrela do time, o ponta perdeu seu status quando o treinador foi demitido após sua chegada. Hoje em dia, apesar de adaptado, o jogador pensa em retornar aos gramados do Brasil e deixa escapar que o pai tinha o sonho de vê-lo jogando no Flamengo.

– É difícil eu falar especificamente em qual equipe eu desejo jogar no Brasil. Temos muitos clubes muito estruturados e o que sei é que quero atuar em equipes que briguem por títulos. Meu pai é flamenguista e tem o sonho de me ver jogando lá. Quem sabe eu não consiga realizar o sonho dele? Por enquanto, quero fazer um grande trabalho aqui na China, mas no ano que vem, ou no próximo, seria legal realizar esse sonho. Assim como eu também disse, uma vez, que seria ótimo ter uma oportunidade de jogar no Grêmio. Sei também que o São Paulo tentou me contratar e, se eu tivesse ido para lá, iria feliz da vida, porque é um baita clube.

Marinho ganhou notoriedade por um fato inusitado. Quando jogava no Ceará, durante uma entrevista, o jogador, que havia sido suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo durante a partida, foi informado pelo jornalista sobre o fato e a declaração do ponta repercutiu e virou “meme” nas redes sociais.

” Tô? Que merda, hein?! Sabia não, eu só tomei um cartão contra o Atlético, não to lembrado o outro. É? Que merda, hein, não sabia. Ah, vocês me falaram agora, que merda. Ah, comemoro mesmo, tô cansado, velho, valeu.”

Antes de se transferir para o Changchun, o nome do atleta apareceu na lista de especulações do Fla. Na época, o valor pago pelo time oriental, R$ 17 milhões de reais, era muito superior a que o Flamengo poderia pagar.