| Futebol

Marquinhos confirma proposta para voltar à NBA, mas Fla faz jogo duro

Campeão da Copa Intercontinental, ala reconhece que tempo de contrato pode atrapalhar. Clube carioca negocia valor da multa para saída do jogador

Final inter continental de basquete Flamengo x Maccabi (Foto: André Durão)Marquinhos disputa bola durante a final da Copa Intercontinental (Foto: André Durão)

Depois do título intercontinental garantindo, Marquinhos finalmente falou sobre os rumores de sua possível volta para a NBA. Jogador mais procurado pela imprensa ao lado do MVP (jogador mais valioso) Nicolas Laprovittola, o ala rubro-negro confirmou a existência de uma proposta do New Orleans Pelicans, mas ainda precisa de uma liberação do Flamengo para voltar ao basquete americano.

- Eu realmente recebi uma proposta do New Orleans após o Mundial e passei tudo para a diretoria do Flamengo. Eles me pediram para eu focar só na disputa do Mundial, e foi o que fiz. Mas tive uma primeira passagem meio irregular e é claro que eu gostaria de voltar no meu auge. Já conversei com minha esposa e minha família e estamos analisando tudo e estudando as possibilidades – afirmou o jogador, que confirmou sua presença nos jogos do Flamengo contra Phoenix Suns, Orlando Magic e Memphis Grizzlies, nos Estados Unidos, em outubro.

No auge de sua carreira aos 30 anos, Marquinhos diz que seria ótimo voltar ao melhor basquete do mundo, no entanto, reconhece que duas coisas atrapalham a negociação: o tempo de contrato, já que os Pelicans oferecem um acordo de apenas uma temporada - enquanto o ala rubro-negro quer assinar por três -, e a liberação do Flamengo. Como no contrato do jogador não existe nenhuma multa estipulada, o campeão da Copa Intercontinental só tem intenção de liberá-lo se receber uma compensação financeira.

Eu realmente recebi uma proposta do New Orleans e passei tudo para a diretoria do Flamengo. Eles me pediram para eu focar só na disputa do Mundial, e foi o que fiz. 
Marquinhos

- Recebi uma oferta de um ano, com o segundo não garantido. Mas gostaria de dois anos, com o terceiro não garantido. Espero ter a definição no início da semana antes da viagem para os Estados Unidos. Independentemente do que vai acontecer, eu viajo com o time para os três jogos pela pré-temporada.

Apesar de confirmar a proposta, o jogador negou veementemente que já tivesse assinado o contrato e procurado escola para os filhos nos Estados Unidos antes da decisão contra o Maccabi. O ala aproveitou ainda para acabar com o mal-entendido após o primeiro jogo a final, quando teria dito que o técnico José Neto deveria ter usado os jogadores mais antigos no elenco.

- Nada do que falaram foi verdade. Não procurei escola nenhuma e em nenhum momento pensei em não disputar a decisão contra o Maccabi. Sobre a polêmica do primeiro jogo, eu disse aquilo mesmo, mas fui mal-intepretado. Assim que a partida acabou, falei com o Neto que no final do jogo seria mais prudente manter em quadra os jogadores que já se conheciam, mas em nenhum momento quis criticar as contratações do Herrmann ou do Caracter. Mas se alguém entendeu dessa forma, eu peço desculpas – concluiu.

Questionado sobre a possível perda de seu principal jogador para a NBA, o vice-presidente de esportes olímpicos do clube, Alexandre Póvoa, disse que não recebeu nada oficial ainda e que o jogador só pode sair se o Flamengo liberar.

- Nós não recebemos nenhuma proposta oficial pelo Marquinhos e como o contrato dele não tem nenhuma cláusula, ele só sai se o Flamengo liberar. A partir do momento que recebermos alguma coisa, vamos sentar som o atleta e analisar todas as possibilidades. Mas não temos nenhuma intenção de liberar o jogador – afirmou o vice-presidente de esportes olímpicos, Alexandre Póvoa.

saiba mais
  • Flamengo derruba o Maccabi e fatura o maior título de sua história no basquete 
  • Eufórica, torcida invade a quadra na Arena da Barra após vitória
  • Galeria de fotos: confira imagens do jogo que garantiu a conquista rubro-negra


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.