| Futebol

Marquinhos faz 28, Marcelinho completa 500 jogos e Flamengo vence Minas pelo NBB

Rubro-Negro continua na busca pela liderança na tabela e embala quinta vitória seguida na competição

flameng - Marquinhos faz 28, Marcelinho completa 500 jogos e Flamengo vence Minas pelo NBB
Marquinhos foi o cara, de novo. O FlaBasquete conquistou neste sábado sua quinta vitória seguida no NBB, ao derrotar o Minas TC por 96x84, na Arena Carioca 1, em mais uma grande atuação de seu camisa 11. Marquinhos fez nada menos do que 28 pontos e sobrou em quadra. Seu ápice se deu no terceiro quarto, quando fez 15 pontos e ajudou o Flamengo a disparar na pontuação, exatamente no momento em que os adversários mais apertaram e chegaram a passar à frente. Sem Anderson Varejão, que foi excluído da partida, Marquinhos pegou a bola e desequilibrou. Foi sua nona partida na temporada do NBB com mais de 20 pontos. 

Sim, ele brilhou, mas o Flamengo todo teve uma postura coletiva hoje. Sem considerar João Vitor e Mogi, que entraram no final para menos de um minuto em quadra, todos os jogadores pontuaram em momentos importantes do jogo, desafogando a equipe. 

Com o resultado, o Flamengo segue na segunda posição, atrás do Paulistano, com mesmo número de derrotas (três), mas com três jogos a menos. Para se tornar líder, além de depender de uma derrota dos rivais, o Rubro-Negro ainda precisa vencer seus seis jogos restantes na primeira fase. 

Quem também se destacou foi Olivinha, com 15 pontos na partida. Anderson Varejão vinha muito bem, com seis pontos e sete rebotes. Caminhava a passos largos para o seu primeiro duplo-duplo, mas, após receber duas faltas técnicas, acabou sendo excluído do jogo. Antes da partida, Marcelinho recebeu uma camisa especial em homenagem ao seu jogo de número 500 com o Manto Sagrado. O FlaBasquete volta à quadra na próxima terça-feira (06), contra a Liga Sorocabana, em Sorocaba, às 19h. 

O Jogo

O Flamengo partiu para cima do Minas, sabendo que só a vitória interessava para manter a caça ao primeiro lugar na tabela. Mas os visitantes começaram melhor e chegaram a abrir 2x6 nos primeiros dois minutos. O Flamengo, então, se arrumou e passou a tomar conta da partida. A virada veio com cesta de três de Ronald Ramon, aos quatro minutos, e depois o time foi pontuando e passou mais de quatro minutos sem levar nenhuma cesta do Minas, até fechar a etapa em 26x17. 

O segundo quatro manteve o equilíbrio inicial nos primeiros quatro minutos, quando o Flamengo parou e viu o Minas diminuir a diferença que chegou a 12, para seis (40x34). Cubillán ampliou de dois e Pilar, vindo do banco, fez de três para desafogar o placar. Na sequência, Varejão cravou e trouxe a Arena para o lado do time, que não deixou mais o nível cair e foi para o vestiário com 13 pontos de vantagem. 

A volta do intervalo não fez bem ao Flamengo. O time chegou a 54 e parou, passando a ver o Minas jogar. Os rivais foram diminuindo e chegaram a passar à frente, com dois minutos para o fim. Neste quarto, Varejão, que vinha fazendo grande partida, foi excluído após sua segunda falta técnica. Não fosse pelos 15 pontos de Marquinhos, o adversário teria virado o jogo. Foram do camisa 11 os dois últimos lances livres que colocaram o Mais Querido à frente no apito fnal da etapa, em 70x68. 

Para sair com a vitória, o Flamengo mudou seu jeito de jogar. Neto colocou Marcelinho em quadra e a experiência do capitão, aliada à mira de Marquinhos, mudou o jogo. Como um garoto, Marcelinho se jogava nas bolas e nos rebotes, pegando quatro só nestes 10 minutos, e entregou pontos para Olivinha, Marquinhos e JP. O Flamengo travou o ataque mineiro e nos últimos minutos já havia sacramentado a vitória diante de sua torcida. 

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – thinkseg, Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/26900/marquinhos-faz-28-marcelinho-completa-500-jogos-e-flamengo-vence-minas-pelo-nbb

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.