• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Marrentinho! Juan elege o jogo do título do hexa como o mais inesquecível pelo Flamengo

Juan Maldonado ou Marrentinho para os Rubro-Negros, chegou ao Flamengo em 2006. Vindo do rival Fluminense, o lateral esquerdo enfrentou enorme pressão e desconfiança no início, mas nada que não passasse com o tempo. Sua estreia foi pelo Carioca daquele ano, no empate em 1×1 contra a Portuguesa. O gol do Mais Querido foi marcado pelo estrante do dia.

Ao lado de Léo Moura, que havia chegado ao Flamengo em 2005, formaram uma das maiores duplas de laterais do futebol brasileiro. Os dois eram os pilares do Fla até o fim da dupla em 2010. Ambos chegaram a ser convocados para Seleção Brasileira. Juan vestiu o Manto Sagrado em 256 ocasiões e marcou 32 vezes. Foram 125 vitórias, 66 empates e 65 derrotas. Foi campeão da Copa do Brasil em 2006, tricampeão carioca em 2007, 2008 e 2009 e campeão brasileiro em 2009.

Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção

 

Em entrevista para Fla TV, Juan elegeu o jogo contra o Grêmio pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2009 como o mais inesquecível em sua passagem pelo Fla. O Rubro-Negro venceu a partida de virada com gols de David Braz e Ronaldo Angelim e se sagrou campeão nacional pela sexta vez.

Foi um dia muito marcante e um dia muito tenso também porque tinha uma história de que o Grêmio poderia facilitar o jogo por causa do Inter, que estava na disputa do título, mas a gente sabia que dentro de campo as coisas acontecem da forma que não vai ser fácil. Tanto que não foi.

A gente passou um período complicado no Campeonato Brasileiro, o time foi encaixando, tomando força e teve uma sequência muito boa. Parece roteiro de filme. A gente só foi líder na última rodada do campeonato. Foi a única vez no campeonato todo. Aí conseguimos a vitória e o título. Se tivéssemos empatado, não seríamos campeões. Foi um jogo bem tenso e bem marcante.

Juan lembrou também de como o Maracanã estava lotado para aquela partida. A mobilização da torcida foi fantástica durante a semana e numa época em que não havia venda pela internet, os torcedores tinham que enfrentar filas para comprar a sua entrada. Os números oficiais registram 84.848 presentes, mas dizem que haviam mais de 90 mil torcedores nas arquibancadas. O lateral disse que nunca viu o estádio tão cheio.

Eu lembro que o Maracanã estava muito bonito. Foi o jogo que o Maracanã estava mais bonito, mais lindo, estava lotado. Eu nunca vi o Maracanã tão cheio, estava um mar vermelho, estava muito bonito -, encerrou.

Confira o bate-papo completo na Fla TV:

Publicado em colunadofla.com.