| Futebol

Matemático calcula 66 pontos para se garantir no G-4 e 46 para fugir do Z-4

Tristão Garcia vê Cruzeiro com título encaminhado e São Paulo tranquilo na briga por vaga na Libertadores; Botafogo precisa ter aproveitamento de campeão para escapar

Enquanto o Cruzeiro, mesmo com a irregular campanha no segundo turno, caminha tranquilo para o bicampeonato brasileiro consecutivo, outras duas brigas mantêm várias torcidas tensas com o Brasileirão: a luta por uma vaga na Libertadores do ano que vem, e a para escapar do rebaixamento. Para as duas situações, o matemático Tristão Garcia tem dois números ideais para cada meta. Quem pensa em estar na próxima edição do torneio continental deve mirar os 66 pontos. O clube que tenta escapar da Série B deve ter como objetivo terminar com 46.  

Tabela G-4 (Foto: GloboEsporte.com)

Com este panorama, Tristão considera que cinco clubes brigam por três vagas na Libertadores, caso nenhum dos mineiros ganhe a Copa do Brasil. O São Paulo está com um lugar bem encaminhado. Corinthians, Atlético-MG, Inter e Grêmio estão firmes na disputa. O Fluminense corre por fora. 

- Uma vaga é do Cruzeiro. Restam três vagas, talvez quatro. São Paulo, Corinthians, Atlético-MG, Inter e Grêmio lutam por três vagas. Fluminense tem que arrancar. Ele foi o grande vencedor da última rodada. Matou um adversário direto e fora de casa. Mas não é suficiente, tem que continuar vencendo para recuperar os tropeços. O Santos tem que tentar pela Copa do Brasil, dificilmente consegue – avaliou o matemático.  

Com base em tal cálculo, o Tricolor paulista precisa de mais 13 pontos nos 24 que estão em disputa para se garantir no G-4. O time de Muricy Ramalho tem 78% de chances de se classificar para a Libertadores, segundo Tristão. O Corinthians aparece com 64%, e o Galo tem 57%. Inter e Grêmio, que estão fora do grupo dos quatro melhores da Série A, teriam que fazer 16 pontos. São pelo menos cinco vitórias e um empate nos oito jogos restantes. Ao Fluminense, seriam necessários mais 18 pontos, que significam seis triunfos.  

Tabela Z-4 (Foto: GloboEsporte.com)

A disputa do título está praticamente encerrada. Segundo Tristão Garcia, o Cruzeiro tem 87% de chances de conquistar sua segunda taça seguida. Para o São Paulo, com 6% de chances, o matemático calcula que 77 pontos seriam o ideal para tentar tirar o bicampeonato da Raposa. No entanto, isso significa que os paulistas teriam que vencer todos seus jogos nas últimas rodadas.

Z-4: Botafogo precisa de aproveitamento de campeão  

Para quem ainda sonha com a permanência de seu clube na Série A, o número ideal é 46. Com esta pontuação, o matemático garante que qualquer equipe ficará na elite sem depender dos tropeços rivais. Para Tristão, a briga na parte debaixo está concentrada nos atuais cinco últimos colocados. Chapecoense, Palmeiras, Figueirense e Sport só caem se tiverem péssimo rendimento até o fim.  

- Dá para escapar com pouco menos de pontos, mas precisa ter sorte. Depende dos outros não fazerem melhor. Temos cinco times lutando além dos quatro. Mas se eles não fizerem bobagem, não caem mais. Atlético-PR, Flamengo e Goiás já estão garantidos. Só um desastre os faz serem rebaixados. Ao Botafogo, resta um aproveitamento de campeão. Seria necessária uma média de dois pontos por jogo até o fim. São pelo menos cinco vitórias e um empate. Difícil para quem venceu apenas oito jogos até agora.

info g4 z4 colocação brasileirão (Foto: Editoria de Arte)Pontuações dos times que ficaram em quarto, quinto, 16º e 17º desde 2006, quando a Série A passou a ter 20 clubes (Foto: Editoria de Arte)



Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.