Maurício Barbieri pode ser forçado a fazer mudanças na zaga do Flamengo

Maurício Barbieri pode ser forçado a fazer mudanças na zaga do Flamengo

Na quarta-feira, diante da Ponte Preta, o Flamengo estreia na Copa do Brasil e Maurício Barbieri escalará força máxima no Moisés Lucarelli, em Campinas. O interino, no entanto, pode ter algum desfalque de última hora. Antes do treino desta terça, no Ninho do Urubu, o elenco será avaliado pelo departamento médico e, caso algum atleta corra risco de lesão, será preservado da partida.

Quem preocupa é o zagueiro Juan, de 39 anos. O camisa 4 conta com atenção especial da preparação física por conta da idade avançada. Além disso, Juan vem em uma sequência desgastante: ele atuou os 90 minutos de quatro dos últimos cinco jogos do Flamengo. Só ficou fora contra o América-MG, poupado.

A solidez defensiva é um dos pontos positivos do Flamengo. Desde que Maurício Barbieri assumiu o comando da equipe, ainda como interino, foram apenas três gols sofridos em cinco jogos. Nas últimas três partidas, contra o Ceará, Santa Fe (COL) e América-MG, o goleiro Diego Alves não foi vazado.

Caso a ausência de Juan seja confirmada, Barbieri terá como opção dois jovens revelados nas categorias de base: Léo Duarte, de 21 anos, e Thuler, de 19 anos.
O primeiro é quem larga na frente pela disputa da vaga ao lado de Réver.

Outra possibilidade é o retorno de Rhodolfo aos jogos. Em recuperação de uma lesão na panturrilha direita, o zagueiro não atua desde o dia 28 de março, o que torna improvável seu retorno ao time titular em um confronto decisivo.