Mauro Cezar acredita que treino aberto do Fla será em momento inoportuno

Mauro Cezar acredita que treino aberto do Fla será em momento inoportuno

O Flamengo modificou o local da partida contra o Santa Fe, válida pela terceira rodada da Copa Libertadores da América, indo do Engenhão para o Estádio Jornalista Mário Filho – popularmente chamado de Maracanã. A novidade fica por contar do treinamento aberto que o clube fará para sua torcida, contudo, o sucesso do evento não é garantido, acredita o jornalista Mauro Cezar Pereira.

Mauro, através de seu Twitter pessoal, comparou o evento feito por Corinthians e Palmeiras, na última semana, e afirmou que se tratava de uma final, diferente do momento em que o Mais Querido praticará o ato. O jornalista ainda ponderou sobre a atual situação do time, que está em descrédito com os torcedores, vindo de vexame no Campeonato Carioca e com um auxiliar à frente da equipe.

Corinthians e Palmeiras abriram treinos antes da FINAL, com importantes títulos recentes em estádios pra 40 e poucas mil. Fla o fará em descrédito, após vexame, sem técnico em estádio pra 78 mil. Vai entregar a comparação das imagens de treinos cheios e o dele aparentemente vazio —, publicou o jornalista.

Mauro comparo os momentos dos eventos paulistanos com o que o Fla pretende fazer (Foto: Reprodução)

O repórter ainda ponderou sobre os dias e horários onde os clubes paulistas organizaram seus treinamentos abertos às suas torcidas. Segundo Mauro, o momento em que os dirigentes rubro-negros pretendem organizar tal acontecimento não é o mais adequado.

— Além disso, o Corinthians fez o dele numa sexta à noite e o Palmeiras sábado pela manhã. Movidos pela rivalidade entre eles. Vejamos o horário desse treino aberto do Flamengo e como os torcedores terão acesso. Acho a iniciativa ótima, mas o momento não me parece o mais adequado —, disse o repórter.

O jornalista acredita que o momento é inoportuno (Foto: Reprodução)

Por fim, Mauro Cezar sugeriu que a equipe fizesse um treinamento pela manhã no Ninho do Urubu, para que de noite, às 20h, fizesse algo parecido com um “reconhecimento de gramado”. O jornalista, que é defensor declarado das festas nas arquibancadas, pediu também que seja liberado as bandeiras e sinalizadores, denominando o evento como “Fla reencontra seu povo

Sugestão: treino sério às 9h de 3ª no CT, às 20h treino aberto no Maracanã, entrada 1kg de alimento; seria um bate-bola, como nos treinos de reconhecimento de gramado. Bandeiras e sinalizadores liberados e campanha leve sua bandeira. Chamaria o evento de “Fla reencontra seu povo” —, finalizou Mauro.

Mauro sugere nome e horários para o treino aberto (Foto: Reprodução)