• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Mauro Cezar aponta receita para sucesso do Flamengo: “Resgatar ‘estilo Jesus’ e fechar com Ceni”

O Flamengo vive seu momento mais turbulento da temporada. Eliminado da Copa do Brasil e com muitos desfalques, o Rubro-Negro busca se reencontrar sob o comando de Rogério Ceni. Apesar de não ter vencido, a equipe já apresentou melhoras, mas ainda passa longe do ideal. Com isso, o jornalista Mauro Cezar Pereira destacou em seu quadro “Fala Maurão” qual seria a receita para o sucesso clube na atípica temporada.

As características apresentadas [contra o São Paulo], na estratégia do Ceni, passam por uma tentativa de reativação de uma forma de jogar que ficou para trás. O Flamengo perdeu o contato com o estilo vencedor do Jorge Jesus. Assim, o Flamengo pode tentar reativar uma proposta de jogo, e adequar às novas situações, às novas necessidades, à introdução de novas maneiras de se defender, de criar, de jogar futebol.

Além disso, o jornalista comentou o quanto o trabalho de Domènec Torrent interferiu nos planos do Mais Querido e na ideia de jogo. No entanto, ele afirmou que ainda existe esperança, e que os treinos serão cruciais no desenvolvimento de esquemas sólidos e efetivos.

A passagem de Domènec Torrent acabou quebrando um pouco esse ciclo, com muitas mudanças de forma apressada, sem o tempo necessário para essas alterações. Visto isso, compreendo que um técnico, quando chega, quer colocar seu modelo de jogo, mas era aconselhável que ele esperasse um pouco, até para um momento que tivesse mais tempo para treinar. 

Agora, o Flamengo precisa reativar algumas situações, colocar em prática algumas ações que ficaram para trás e agregar alguns novos elementos com a chegada de Rogério Ceni. 

Por fim, Mauro Cezar afirmou que a equipe pode estar retornando para seus momentos apáticos. Ressaltou, ainda, que os problemas defensivos são uma deficiência crônica do Mais Querido, e apontou diversas falhas, sejam individuais, ou do sistema.

No segundo tempo [do confronto na Copa do Brasil], o São Paulo tirou proveito de um crônico problema que o Flamengo adquiriu nos últimos meses: a sua defesa. Defesa muito frágil, muito exposta, não importa a escalação, a dupla de zagueiros. O problema não é o nome dos zagueiros, não, é o sistema defensivo, a linha defensiva, a compactação entre o meio de campo e a defesa. As falhas são várias. 

Para espantar a má fase, o Flamengo volta suas atenções para o Brasileirão. Nele, enfrenta o Coritiba no sábado (20), às 19h (horário de Brasília), no Maracanã. A partida será exibida pelo Premiere FC, mas o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, com Rafa Penido no comando.

Publicado em colunadofla.com.