• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Mauro Cezar detona transmissão da FluTV: “Não falar os nomes do jogadores é um horror”

O Fla-Flu da última quarta-feira (08), foi transmitido com exclusividade pela FluTV, canal oficial do Fluminense no YouTube. As equipes acabaram empatando em 1 a 1, e o time das Laranjeiras acabou levando a melhor na disputa de pênaltis, conquistando assim, a Taça Rio. Entretanto, o que chamou a atenção no duelo foi o fato da exibição na FluTV ter evitado, ao máximo, mencionar o nome do Mais Querido e, principalmente, dos atletas rubro-negros.

O jornalista Mauro Cezar Pereira, no quadro ‘Fala, Maurão’, do Uol Esporte, aproveitou para tecer críticas à transmissão feita pelo canal oficial do Tricolor. Segundo o comentarista, mesmo que seja uma ‘norma’ adotada pelo clube, é um horror não falar os nomes dos jogadores adversários.

A transmissão do Fluminense foi feita pelo narrador Anderson Cardoso, o comentarista Marcelo Pires e a Cláudia Magalhães fazendo o papel de repórter do jogo. O narrador não falava os nomes dos jogadores do Flamengo. Ele não está fazendo a transmissão só para o torcedores do Fluminense […] É norma até que na FluTV o narrador torça pelo Fluminense, faz parte, a gente entende. Mas aí a não falar os nomes dos jogadores? Um horror – disse.

Agora, o Rubro-Negro terá mais dois ‘Fla-Flus’ pela frente. Com o título da Taça Rio, o Fluminense se credenciou a disputar a final do Campeonato Carioca contra o Flamengo, já que o Mais Querido foi o campeão da Taça Guanabara e fechou a classificação geral em primeiro lugar. A decisão será em dois jogos, com sistema de ida e volta.

A primeira partida, de ida, será disputada no próximo domingo (12), às 16h (horário de Brasília), com mando do Fluminense. O segundo e decisivo confronto acontecerá na quarta-feira (15), às 21h30 (de Brasília), com mando do Flamengo, ambos no Maracanã. As transmissões devem ser comandadas pela FluTV e FlaTV, respectivamente.

Publicado em colunadofla.com.