| Futebol

MELHOR APROVEITAR

NA VOLTA DAS FÉRIAS

 

Incrível como o Flamengo ADORA nos surpreender, não é mesmo? Da mesma forma que é capaz de nos decepcionar em ocasiões que a vitória parece certa, vence quando muita gente já considerava o empate uma dádiva, de tão duro que é entubar um rótulo de lanterna.

Conseguimos sair da “Confusão” e não precisamos mais ficar ouvindo as “gracinhas” da mídia e nem dos outros 4/5 menos inteligentes da população. 

 

PÔ !!! Foram mais de três meses ouvindo essas tais “gracinhas”. Agora não! Saímos do térreo, subimos uns andarezinhos e já se percebe uma vista. Não é das melhores, mas tem!

Se ninguém aqui ainda está dando gargalhadas, pelo menos, o astral é outro. Já existe um mínimo de otimismo, de confiança.

E, para sermos justos, menos até pela nítida maior arrumação, menos até que pelas opções na escalação, é obrigatório reconhecer que existe um responsável direto por essa recuperação.

 

Até mesmo os “defensores mais ferrenhos” da Moral e Bons Costumes devem estar fazendo votos de silêncio, diante desses 75% de aproveitamento do treinador mais defenestrado do país.

Vai manter esse percentual? Possivelmente não, mas como não perceber progresso, diante do filme de terror que fomos obrigados a assistir rodada após rodada antes da sua chegada?

Importante reconhecer também, que nosso torcedor percebeu a gravidade do momento e respondeu com a velocidade que gostaria de ver seu time atuando em campo. Mais importante, apoiando do 1º ao último minuto, sem vaias, sem jogar contra. Nossos públicos em casa têm chamado a atenção e demonstrando claramente que a torcida resolveu comprar o barulho.

O que não podemos é cometer o erro grave de achar que está tudo bem, estamos livres de riscos e já dá pra relaxar. LONGE DISSO !!!

Luxa vai precisar continuar trabalhando muito para manter a equipe progredindo dentro de campo, a torcida precisará continuar participando, comparecendo em massa, apoiando incondicionalmente e ajudando a fazer a diferença, como vem fazendo.

A partir de hoje vai ficar mais complicado, pois vamos fazer três partidas seguidas com viagens, teremos jogos no meio de semana e com um elenco de jogadores importantes maiores de 30, e um time na conta do cha, vai ter que ser na base da vontade, do coração.

Principalmente se observarmos que no 2º turno nossos jogos em casa serão os mais cascudos e jogaremos fora contra a maioria dos nossos concorrentes diretos.

 

Portanto, para retomarmos o fôlego de verdade, se faz necessário torcer o pescoço desse Galo hoje, dentro da nossa casa. É parada dura, eu sei, como sei também que a gente vai precisar sair pro jogo, jogar pelo resultado. Mas os últimos nos permitem ir mais leves, sem tanto medo de errar, sem tanta pressão nas costas, com confiança para arriscar mais. Não arriscando, vamos acabar obrigados a torcer por empate, o que foge completamente às nossas características, por mais importante que seja somar pontos neste momento.

 

Já ouvi que fizemos 9 pontos em 12, jogando só contra Babas. Pois então está na hora de vencermos um clássico, nos distanciarmos da “Confusão” e começarmos uma virada.

Gols em cruzamentos de João Paulo, de perna direita de Everton, apenas um sofrido nas últimas quatro rodadas, tudo isso me leva a crer que São Judas Tadeu voltou de férias e, antes que ele desapareça de novo, acho bom aproveitar.

 

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

PS: GUSTAVÃO, MEU IRMÃO, que nesse procedimento de hoje tudo corra da melhor forma possível para você.  Tem que cuidar bem direitinho, de quem lhe permite enxergar tanto. 


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.