| Futebol

Melhor na França em torneio sub-17, meia do Fla é comparado a Raí

Eleito melhor jogador do Torneio de Montaigu em campanha com vice-campeonato, Reinier, meia do Flamengo, é comparado a Raí: "Tem visão de jogo"

flameng - Melhor na França em torneio sub-17, meia do Fla é comparado a Raí

Gramado enlameado, arquibancada pequena de um lado, barranco do outro, ingressos a dois euros. Os jogadores da seleção brasileira sub-17 encararam até a terça-feira passada um cenário de futebol "raiz" no pequeno estádio de Saint Hilaire de Riez, no oeste da França, a 460km da capital Paris.

O vice-campeonato do Torneio de Montaigu com derrota somente nos pênaltis na final, diante de Portugal, foi importante, sim. Mas, além do resultado, a bagagem acumulada é que vai fazer a diferença para os jovens valores do país. Eleito melhor jogador da competição, artilheiro com quatro gols em quatro jogos, camisa 10 do Flamengo e da equipe nacional, Reinier é quem dá o tom de como a expectativa versus a realidade pesa na experiência do grupo.

 

Pensei que a gente iria conhecer a Torre Eiffel, essas coisas

 

- Mas está sendo uma experiência boa conhecer essa cidade, que é legal também e bonita. A gente já jogou na Inglaterra, Irlanda do Norte, Argentina, participou do Sul-Americano. É uma sensação única. Uma oportunidade que todos gostariam de ter. É seleção brasileira, tem que honrar esse manto - afirmou meia.

Reinier chamou atenção durante o torneio e chegou a ser comparado com Raí por torcedores franceses. O ex-jogador do São Paulo e da Seleção brilhou com a camisa do PSG e é considerado um dos melhores jogadores com passagem pelo futebol do país.

- É uma equipe que joga coletivamente, é empolgante e muito rápida, e que joga muito bem com a bola. Talvez o número 10 (Reinier) possa vir a ser o futuro Raí da próxima seleção. Ele é bem grande, carrega bem a bola, tem visão de jogo e parece com Raí - afirmou o torcedor francês.

Torcedores franceses no Torneio de Montaigu: comparações de Reinier com Raí (Foto: Reprodução de vídeo)

Torcedores franceses no Torneio de Montaigu: comparações de Reinier com Raí (Foto: Reprodução de vídeo)

O técnico da equipe, Paulo Victor Gomes, lembra que muitos dos jogadores, apesar da pouca idade, têm experiência adquirida nas categorias de base da seleção.

- Pelo fato desses meninos já terem uma boa vivência dentro da seleção, ele levam tudo com muita naturalidade. Representar a seleção brasileira é sempre um prazer, mas é uma responsabilidade enorme para nós e para eles. Com certeza, eles estão evoluindo bastante dentro desde processo. Chuva, frio, estádio cheio, todo mundo ajudando, acompanhando a partida. Para esses meninos, jogar essa partida, ter essa experiência competitiva também é muito importante.

Paulo Victor Gomes, treinador da seleção brasileira sub-17, no Torneio de Montaigu (Foto: Reprodução de vídeo)

Paulo Victor Gomes, treinador da seleção brasileira sub-17, no Torneio de Montaigu (Foto: Reprodução de vídeo)

Miguel, atacante do Fluminense, falou sobre as diferenças de enfrentar jogadores de outros países, como os russos, que se comunicavam aos gritos durante a partida.

- Não tenho essa dificuldade, para mim é a mesma coisa, a gente tem que se adaptar rápido. Como disse o treinador: não importa onde iremos jogar, temos que fazer o nosso melhor.

Miguel, atacante do Fluminense e da seleção brasileira sub-17, no Torneio de Montaigu (Foto: Reprodução de vídeo)

Miguel, atacante do Fluminense e da seleção brasileira sub-17, no Torneio de Montaigu (Foto: Reprodução de vídeo)

Emerson Maranhão, do Palmeiras, prefere não se arriscar quando o assunto é a difícil pronúncia da cidade de um dos jogos: Saint-Hilaire de Riez. Ele disse não ter sido surpreendido com o local do torneio e comemorou a oportunidade de defender a seleção.

- Tive amigos que vieram jogar esse campeonato e procurei saber. Eu já sabia que seriam estádios menores. Oportunidade única. Muitos dos nossos times, do Brasil inteiro, queriam estar no nosso lugar. E a gente tem oportunidade de estar aqui e é muito bom.

RESULTADOS

Fase de Grupos
Brasil 8 x 1 Camarões
Brasil 3 x 1 Rússia
Brasil 3 x 3 Inglaterra

Final
Brasil 4 x 4 Portugal
Os portugueses venceram por 4 a 2 nos pênaltis

Fonte: https://sportv.globo.com/site/programas/planeta-sportv/noticia/bagagem-cheia-selecao-sub-17-encara-lama-longe-dos-cartoes-postais-da-franca.ghtml