"É o jogo a jogo. Confio muito nos atletas do setor. A gente trabalha na estratégia do adversário, que entende que seja melhor. O Gabriel vinha jogando todos os jogos, nesse dois últimos não entrou, mas foi o que mais comemorou a vitória contra o Fluminense no vestiário. Mancuello também tem uma leitura muito legal do jogo, ajuda em todos os momentos", avaliou.

A equipe agora terá como desafio o Internacional, no Beira-Rio. Com 60 pontos na tabela, segue na vice-liderança e, para alcançar o topo, precisará do ataque mais do que nunca na competição.

​​