| Futebol

Michel Pessanha mira Mundial e Jogos Paralímpicos

Técnico do remador no Flamengo e na Seleção Brasileira, Franquilim Oliveira conta expectativas para o futuro

Medalhas consquistadas por Michel Pessanha

Medalhas consquistadas por Michel Pessanha

O atleta paralímpico do remo do Mais Querido Michel Pessanha conquistou, nos últimos dois meses, quatro medalhas pela Seleção Brasileira da categoria: prata no Skiff TA e bronze no Double Skiff TAMix na Regata Internacional de Gavirate, ouro na Regata Regional em Torino e prata na Copa do Mundo de Remo. Foram 42 dias de viagem, três competições e muito empenho e trabalho recompensado. Franquilim Oliveira, treinador do Flamengo e da Confederação Brasileira de Remo (CBR), acompanhou Michel nessa jornada. O técnico comentou em entrevista o caminho de Michel na Itália e as perspectivas para o futuro do remador rubro-negro, que mira o Mundial e os Jogos Paralímpicos. Confira a entrevista do técnico:

Regata Internacional de Gavirati

 - Nós começamos a primeira etapa desta viagem de 42 dias, que começou no dia 12 de maio, com a Regata Internacional de Gavirati. Nela, nós competimos em duas provas: na olímpica do Michel, que é o Double, que ele compete com a Josiane Lima e no Skiff. No Skiff ele ficou em segundo lugar, e foi a primeira vez que ele competiu essa prova. No Double, ficamos em terceiro. Só que o resultado do Double, o barco que vínhamos treinando, não gostamos muito porque a parceira dele estava com uma lesão no ombro e acabou acometendo numa prova não muito boa e ficamos em terceiro. Estávamos imaginando brigar pelo ouro só que por conta deste imprevisto, ficamos em terceiro, perdendo para a França, em primeiro, e para a Holanda, que tínhamos ganhado no Mundial do ano passado.

Preparação para Torino

- Após o resultado de Gavirati, fizemos mudanças. Mudamos a posição do Michel no barco, da Jose, mudamos na regulagem do barco todo. E conseguimos, graças a Deus, ficar com um ótimo resultado, que foi a segunda colocação na Copa do Mundo de Remo, que é uma das etapas preparatórias para o Campeonato Mundial que será no final de agosto.

Regata Regional de Torino


- Cerca de duas, três semanas depois, nós fomos para Torino competir uma regata regional, onde nosso barco se consagrou campeão: o Double com a Josiane. Ficamos treinando na lagoa onde haveria a competição da Copa do Mundo, que seria a última etapa da viajem à Itália. Nessa regata da Copa do Mundo foram os principais países competir. Inclusive, nós nos classificamos direto para a final. Teve a eliminatória e nosso barco foi o segundo. A final nós disputamos contra a França, Austrália, Holanda, Polônia e Ucrânia. Foi a grande final da Copa do Mundo de Remo na categoria do Michel, que é Double TA Mix, que ele rema com a Josiane.

Copa do Mundo de Remo de Varese

- Esse resultado na Copa do Mundo de Remo foi bastante satisfatório para nós da equipe. E essa regata foi bem legal porque foi praticamente a mesma bateria que teve no Mundial do ano passado, no qual ficamos em terceiro colocado. A diferença é que na bateria do ano passado tinha Israel, e nessa agora não teve, teve a Polônia, que entrou nessa bateria. Os outros países, a Ucrânia, a Holanda, a França e a Austrália já estavam fazendo parte. E assim nós podemos ver uma ascendência do barco, porque em 2014 nós ficamos com o bronze no Mundial de Remo. Nós ficamos com o terceiro lugar, a cinco segundos da Austrália, e a dois segundos e meio da França. Já esse ano foi diferente, nós ficamos a dois segundos da Austrália e ganhamos da França com um segundo de diferença. Foi praticamente a mesma galera, o mesmo barco da França, o mesmo barco da Austrália, e assim vimos que o barco tem condições de pegar essa medalha de ouro.

Empenho e dedicação


- Nesses 42 dias que o Michel ficou longe da família ele perdeu o aniversário do filho, que foi nesse meio tempo, perdeu o aniversário da mulher dele e ainda perdeu também o aniversário de casamento dele. Isso foi tudo em quanto ele tava lá treinando. Mas graças a Deus, por esforço e por mérito ele conseguiu esse grande resultado, que foi a segunda colocação na prova que ele teve. Foi muito legal a prova, bem disputada. Os quatro primeiros andando um do lado do outro. Estou muito satisfeito com a evolução do Michel, que está com uma capacidade cardiorrespiratória melhor, com uma massa muscular melhor. Ele está se doando legal mesmo para poder ser um barco medalhista nos Jogos Paralímpicos. E uma medalha de ouro, que é nosso sonho.

Resultados e futuro

- Foi muito satisfatório o resultado e estamos trabalhando em cima disso, que nosso ponto principal é a Paraolimpíada ano que vem. Mas isso serve para nós conhecermos nossos rivais e trabalhar em cima disso. Os resultados que o barco vem deixando na Copa do Mundo, e trabalhar cada vez mais o Mundial e principalmente a Paraolimpíada. Isso faz com que deixe a gente mais tranquilo porque o trabalho está dando resultado. Por conta desse resultado do Mundial e da Copa do Mundo o barco está fazendo por onde, então vamos manter ai a batida de treinamento, e a próxima etapa agora é o Mundial, que será no final de agosto início de setembro. É a competição mais importante deste ano. Vamos com tudo para brigar com a medalha de ouro, no qual o barco viu que tem chances de brigar pela medalha de ouro.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/21524/michel-pessanha-mira-mundial-e-jogos-paralimpicos

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.