Missão impossível

Missão impossível

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!

Nesta segunda-feira (09), utilizarei este espaço democrático para falarmos mais um pouco sobre a completa baderna em que se transformou nosso querido Mengão. Antes, porém, deixo claro que as críticas são todas voltadas ao futebol do clube, nas outras áreas estamos caminhando a passos largos para assumirmos nosso papel de liderança nacional. Mas uma coisa é importante ressaltar: o futebol move o Flamengo e, se ele continuar definhando como ultimamente, o bom trabalho financeiro não irá perdurar, pois o bom desempenho em campo alavanca nossas finanças e a recíproca é verdadeira.

Dito isso, vamos ao que interessa: algumas críticas, todas pertinentes, ao departamento de futebol. Nossos dirigentes estão completamente desnorteados e não conseguem acertar nenhuma ação concreta para estancar a sangria do futebol rubro-negro. Essa situação beira o  amadorismo, pode ser considerada um absurdo e os caras continuam metendo os pés pelas mãos. Eles, literalmente, não têm a mínima ideia do que fazer para nos tirar desse atoleiro a curto prazo.

Não satisfeitos em demitir praticamente toda a comissão técnica, após mais um vexame contra o time do chororô, eles ainda tentaram, em vão, contratar alguns medalhões que não quiseram assumir as rédeas do Mais Querido. Cabe a pergunta: quem, em sã consciência, aceitaria essa bucha? É praticamente uma missão impossível!

A verdade é que a desordem, a ingerência e os desmandos imperam, somos uma balbúrdia, uma pândega. Ninguém se entende no departamento de futebol e, não obstante a isso, ainda temos um presidente permissivo e leniente assessorado por um CEO completamente ignorante em matéria de futebol. O resultado? Está aí pra quem quiser ver: somos motivo de chacota por parte das outras torcidas e grande parte (perniciosa) da imprensa esportiva.

Podemos traçar um paralelo do que ocorre no futebol do Mengão com a política do país. Os dois estão agonizando e respiram por aparelhos, mas amealham alguns cegos defensores que recusam-se a enxergar o óbvio. A verdade é que tudo deve mudar, tanto em âmbito flamengo quanto nacionalmente. Enquanto perdurarem a corrupção (no Brasil) e a permissividade (no Mengão), tudo ficará como dantes.

Falando com muita sinceridade, não tenho nenhuma esperança na melhora da esportividade de nossa equipe a curto prazo. Nem Guardiola daria jeito! A realidade é que temos um elenco mal montado, desequilibrado e super-protegido. Os caras tem tantas regalias e apitam de tal maneira que querem até decidir o perfil de nosso próximo treinador. E o pior, essa diretoria banana permite tudo! Isso beira a insanidade!

É por essas e outras que o Mengão encontra-se nessa situação esportiva periclitante. Nós, taticamente, somos patéticos e só conseguiremos mudar essa situação quando alguém com muita credibilidade, além de carta branca, chegar ao clube e mudar tudo no departamento de futebol. Esse tipo de atitude faria bem ao trem-pagador do clube e traria uma benéfica mudança de ares no setor. Mas, como esse tipo de atitude nunca foi típico essa diretoria, minhas esperanças tendem a cair por terra.

Para que essa gestão conquiste algo relevante, precisamos que outro cometa passe pela Gávea, assim como em 2009 e em 1992, onde todo o plano astral conspirou a nosso favor para que conquistássemos nossos últimos títulos mais importantes. Esses caras que estão no comando do futebol rubro-negro não têm a mínima condição de nos elevar a um patamar esportivo protagonista.

Vamos aguardar para ver o que acontecerá daqui em diante. O clima está pesado e nuvens cada vez mais negras sobrevoam o futebol do Mengo. Há muito tempo não nos apresentamos taticamente aceitáveis, e temo que isso continue acontecendo até que algo contundente seja feito. Enquanto não observamos essas mudanças, continuaremos a ser achincalhados por nossos colegas torcedores da arco-íris, triste sina.

Como diria o mestre Jesus: “Pai perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem”. Isso vale para toda essa diretoria, esportivamente falando. São como cegos em tiroteio, estão procurando agulha num palheiro, estão mais perdidos que caroço de azeitona em boca de banguela. A draga tende a continuar! Que Deus nos salve e Zico os ilumine. Oremos! É tudo o que nos resta! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!
Saudações rubro-negras a todos!

Fabio Monken
Twitter: @fabio_monken

Gostou? Não gostou? Concorda, discorda? Ótimo!
O Debate sempre será salutar!
Deixe seus comentários e interaja conosco!
Pontos de vista divergentes são essenciais à evolução do homem.
Mas lembre-se que tomos todos Flamengo!
A intolerância e a falta de argumentos são os combustíveis para o fracasso!