| Futebol

Mugni rejeita nova proposta e irrita Fla: "Infelizmente não mostrou interesse"

Jogador já disse não a oportunidades oferecidas por Atlético-PR, Vitória e agora do América-MG; argentino quer atuar por equipes de "maior expressão", sob a ótica dele

flameng - Mugni rejeita nova proposta e irrita Fla: "Infelizmente não mostrou interesse"

O meia Lucas Mugni, fora dos planos do Flamengo, rejeitou nova oportunidade de defender um clube da Série A brasileira. No ano passado, disse não ao Atlético-PR. Em junho negou-se a transferir-se para o Vitória e nesta semana refutou o convite do América-MG. O contrato do argentino com o Rubro-Negro vai até janeiro de 2018, e as insistentes recusas têm tirado a diretoria flamenguista do sério.

O América-MG comprometeu-se a pagar integralmente o salário de Mugni: US$ 50 mil (cerca de R$ 160 mil) por um empréstimo de seis meses, mas o jogador de 24 anos deseja defender um clube "de maior expressão", mesmo argumento utilizado para rejeitar ofertas de Atlético-PR e Vitória. O diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, revelou-se impaciente com a situação e disse não entender por que o argentino não aceita uma oportunidade de trabalho sequer.

- Ele não quer (o América-MG) e disse que o atual agente, um argentino que eu não conheço, virá conversar conosco sobre outras possibilidades. Já fui claro para ele que já é a terceira proposta de clube do Brasil que ele não aceita. O clube tem contrato com ele, tem que cumprir, e infelizmente ele não manifestou interesse de não atuar em nenhum dos que procuraram. Infelizmente. Já rejeitou duas propostas do Catar. Ele disse que tem interesse de jogar, mas não veio nada (de propostas) por parte dele. A gente quer entender o que ele realmente quer. Vamos ver se existe uma outra solução com esse outro agente - disse Caetano.

Rodrigo revela incômodo com o fato de não conseguir dar prosseguimento à política de reduzir custos aos cofres do clube especificamente no caso de Mugni.

- De todos os jogadores que tratamos, ele foi o único que não aceitou. Já negociamos mais de 30 jogadores com o intuito de desonerar a folha e conseguimos. Vamos aguardar. Ele não faz parte dos planos, e o queremos na vitrine, queremos que o Mugni jogue - encerrou o executivo.

Dentro do Flamengo há quem acredite que Mugni gosta de viver no Rio de Janeiro e, por isso, nem se importa com o fato de não estar atuando.

*Colaborou Raphael Zarko


Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/07/mugni-rejeita-nova-proposta-e-irrita-fla-infelizmente-nao-mostrou-interesse.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.