• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Muralha agradece ao Flamengo, mas revela: “Guardo mágoas daquele período”

O goleiro Alex Muralha chegou ao Flamengo em 2016 e, na ocasião, fez uma boa temporada. Na época, inclusive, o arqueiro chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira. No entanto, em 2017, Muralha iniciou uma fase irregular. Com a torcida rubro-negra impaciente com os altos e baixos do goleiro, ele acabou emprestado ao Albirex Niigata, do Japão, em 2018. No ano passado, o defensor voltou ao futebol brasileiro cedido ao Coritiba, clube no qual tem se destacado desde então.

Com o vínculo cada vez mais próximo de se encerrar no Flamengo – seu contrato termina no final deste ano – Alex Muralha revelou ao UOL Esporte que é grato ao Rubro-Negro. Apesar de agradecer o clube carioca, o goleiro ressaltou que ainda guarda certa mágoa de momentos em que fora criticado enquanto defendia a rubro-negra.

Eu guardei algumas mágoas naquele período, de coisas que falaram, deixaram o lado profissional de lado para atacar o pessoal. Mas já passou, e eu só tenho a agradecer ao Flamengo. Tive visibilidade, consegui realizar um sonho de criança, que era ir para a seleção brasileira [em 2016]. Nas nossas vidas sempre vão ter altos e baixos, depende da maneira como a pessoa vai reagir. O final no Flamengo não foi agradável, mas quando eu fui para o Japão era uma nova oportunidade. Voltei para o Coritiba, sabia que ia ser uma nova história na minha vida, me concentrei totalmente e foquei para voltar a jogar em alto nível -, declarou.

Após a fase difícil que viveu no Flamengo, Muralha afirmou que está com o pensamento totalmente voltado ao seu atual clube, o Coritiba, que voltará a disputar a Série A após dois anos na segunda divisão. Ao fim de seu contrato com o Mais Querido, seu vínculo com o Coxa também será encerrado – ainda não se sabe o que será feito após isso: “Meu contrato com o Flamengo termina no final deste ano e, como já disse outras vezes, hoje meu pensamento está exclusivamente no Coritiba. Completei um ano desde a estreia, com bons números, fui muito bem recebido por todos e estou completamento adaptado à cidade e ao clube“, disse.

Publicado em colunadofla.com.