Muralha foi contratado pelo Flamengo junto ao Figueirense no início do ano passado, por R$ 4 milhões - valor já quitado pelo clube carioca. Diante da boa temporada do goleiro, que chegou inclusive a ser convocado para a Seleção Brasileira, o Rubro-Negro estendeu o vínculo do arqueiro até dezembro de 2020, além de começar a pagar direitos de imagem ao jogador.

As críticas a Muralha tiveram dois momentos cruciais em 2017: após a final da Copa do Brasil, quando o goleiro não conseguiu defender nenhum pênalti e o Cruzeiro acabou campeão do torneio, e no último fim de semana, quando o jogador falhou nos dois gols do Santos na derrota rubro-negra por 2 a 1 na Ilha do Urubu.

​​

​​