Pela hierarquia, Muralha seria o reserva imediato de Diego Alves - tanto que o camisa 38 foi o escolhido para o primeiro jogo da semifinal, contra o Botafogo, quando foi expulso após uma disputa de bola com Carli. No entanto, o desempenho recente do arqueiro, que falhou contra o Paraná, fez com que a vaga ficasse em aberto.

"É uma decisão que será tomada em um momento mais perto. Temos uma semana ainda para trabalhar. Sabemos o que significa essa situação de jogo e vamos trabalhar com Thiago e Alex para a melhor escolha para a decisão", afirmou o técnico Reinaldo Rueda, em entrevista ao ​Lance!.

Além de Diego Alves, Éverton Ribeiro, Geuvânio e Rhodolfo não podem jogar a Copa do Brasil por terem sido regularizados após o período de inscrição no torneio.

​​